Política

SUJO LEGADO

Eduardo Cunha (PMDB) quer lançar filha para disputar vaga na Câmara

Eduardo Cunha quer, mesmo depois de preso e impossibilitado de seguir sua suja atuação, preencher a vaga na Câmara com alguém de sua confiança para que siga o seu podre legado.

quarta-feira 20 de dezembro de 2017| Edição do dia

Danielle Cunha, filha de Eduardo Cunha, está cogitando disputar as eleições para a deputada federal em 2018.

Publicitária de 29 anos, que detinha diversas contas de deputados da Câmara Legislativa, desde que seu pai assumiu a Presidência da casa em 2015. Agora pensa em seguir o ramo da carreira política. A decisão parece ter muito apoio e incentivo de seu pai, Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara Legislativa e agora condenado a 15 anos de prisão, acusado de receber propina e de usar contas na Suíça para lavar dinheiro.

A sucessora de Cunha acabou perdendo o prestígio na área publicitária após os diversos escândalos que envolvia seu pai. Com o declínio de Cunha, a publicitária perdeu algumas contas na Câmara.

Agora, Danielle está pagando de "dedicada" à política em suas redes sociais e colocando posições parecidas com as de seu pai, que fazia parte do então PMDB e era reconhecido por suas posições antipopulares. Com essa "disposição" toda de Danielle mostrada de última hora para política, fica evidente que Eduardo Cunha quer, mesmo depois de preso e impossibilitado de seguir sua suja atuação, preencher a vaga na Câmara com alguém de sua confiança para que siga o seu podre legado.




Tópicos relacionados

Câmara dos Deputados   /    PMDB   /    Eduardo Cunha   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar