Política

FAMÍLIA BOLSONARO ESPALHA FAKE NEWS SOBRE ATIVISTA AMBIENTAL

Eduardo Bolsonaro espalha fake news sobre jovem Greta para defender destruição ambiental

O discurso de Greta Thunberg, de 16 anos, denunciando a destruição ambiental na Assembleia da ONU levou a uma onda de calúnias contra a jovem. Eduardo Bolsonaro, é claro, fez parte e difundiu fotos e informações falsas para difamar a jovem ativista.

quinta-feira 26 de setembro| Edição do dia

Em meio ao grande debate internacional sobre a destruição ambiental, uma barbárie capitalista na qual o governo de Jair Bolsonaro é linha de frente, o discurso da jovem ativista sueca Greta Thunberg, de apenas 16 anos, denunciando fortemente os líderes políticos mundiais por seu papel na devastação da natureza, teve grande impacto.

Não demorou muito para que inúmeras fotos falsificadas e informações mentirosas começassem a tomar a internet com o propósito de desacreditar a jovem e, principalmente, a causa da qual ela se tornou um símbolo. Entre os criminosos que espalham essas mentiras não podia faltar a família presidencial brasileira, especialista em calúnias e falsificações contra adversários políticos – mesmo que sejam garotas de 16 anos.

O papel de caluniar Greta coube a Eduardo Bolsonaro, candidato a embaixador nos EUA: o deputado do PSL compartilhou uma fotomontagem em que a ativista estaria tomando café da manhã enquanto seria observada pela janela de um trem por crianças famintas, indiferente ao seu sofrimento. Além da montagem, o tweet (veja abaixo) de Eduardo Bolsonaro ainda mentia, dizendo que a menina seria financiada pelo multimilionário George Soros:

Não satisfeito com suas calúnias, após ser denunciado amplamente por divulgar as fake news contra Greta, Bolsonaro fez mais um tweet sobre o tema, dessa vez com um meme satirizando a frase do discurso da jovem que se tornou mais famosa “Vocês roubaram meus sonhos”. Ao lado, uma foto de seu pai, o presidente, comendo sonhos (o doce).

E logo em seguida um tweet dizendo “Obs: isso não é uma montagem”. O governo Bolsonaro vem rapidamente se destacando no cenário mundial como um dos mais aguerridos defensores da devastação do meio ambiente, em particular da Amazônia, para garantir os lucros dos capitalistas. Seu desespero ao difundir notícias falsas sobre uma ativista de 16 anos é sintomático.




Tópicos relacionados

Eduardo Bolsonaro   /    ONU   /    Meio Ambiente   /    Política

Comentários

Comentar