Política

BOLSONARO REACIONÁRIO

Eduardo Bolsonaro é investigado por ameaça de morte a uma integrante da juventude do PSC

terça-feira 19 de dezembro de 2017| Edição do dia

A procuradora-geral da república, Raquel Dodge, investiga Eduardo Bolsonaro, deputado federal pelo estado de São Paulo, por ameaça de morte. A denúncia foi feita na Secretaria da Mulher de Brasília por uma integrante da juventude do PSC, o mesmo partido dos dois deputados.

A integrante da juventude do PSC entregou à polícia civil cópias de mensagens de texto trocadas por meio de um aplicativo, com o deputado, em que o parlamentar afirma que vai acabar com a vida dela e lhe dirige palavras como “otária”, “abusada”, “vagabunda” e “puta”. Procurada, a assessoria do deputado disse que ele não se manifestaria porque ainda não foi notificado.

Essa denúncia contra o filho de Bolsonaro não é nenhuma novidade vindo de uma família conhecida por diversas declarações homofóbicas e machistas. Como o caso de diversas apologias ao estupro feitas por Jair Bolsonaro

Leia mais: Frota e Bolsonaro, apologistas do estupro, condenam nu artístico




Tópicos relacionados

Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar