Negr@s

DEMISSÃO RACISTA NO METRÔ

[ENTREVISTA] Trabalhador demitido do metrô por racismo fala sobre sua demissão

Na última semana o Esquerda Diário soltou uma matéria noticiando a demissão de Valter Rocha Junior, operador de estação na Praça da Árvore (Linha 1-Azul), em um ato de conivência ao racismo por parte do Metrô. Nessa semana, Valter deu entrevista ao Esquerda Diário para falar sobre sua demissão

terça-feira 19 de setembro| Edição do dia

Valter era funcionário do Metrô já haviam 15 anos, e em entrevista cedida hoje ao Esquerda Diário, ele afirma que há vários anos sofre perseguições de cunho racista dentro de seu trabalho por parte do Metrô. “Eu fui demitido numa circunstância onde eu fui ofendido por um usuário que me chamou de “macaco” (...) o mesmo usuário fez uma reclamação de uma suposta agressão da minha parte. (...) e o Metrô foi cúmplice desse racista, e aproveitou essa injuria racial pra que ele [o Metrô], cometesse o ato racista de me demitir, me privar dos meus salários, do sustento dos meu filhos, usando como cúmplice essa injuria racial [do usuário] na causa racista do Metrô e do Governo de SP”.

Segue aqui o vídeo com Valter Rocha, demitido do Metrô de SP, junto com Marília Rocha, Diretora do Sindicato de Metroviários de SP, e com Lourival Aguiar, demitido político da greve do Metrô de 2014:

Veja também: Metrô de SP é conivente com racismo e demite funcionário




Tópicos relacionados

Racismo   /    Metrô   /    Negr@s

Comentários

Comentar