DORIA SP

Doria oferece "os melhores advogados pagos pelo Estado" para defender PM que matar "suspeitos"

Em coletiva de imprensa realizada na noite de ontem, logo após ser eleito, Doria defende que PMs possam matar "suspeitos" sem que sejam punidos, possuindo "os melhores advogados pagos pelo Estado" para que estejam livres para atuar.

segunda-feira 29 de outubro| Edição do dia

Em coletiva de imprensa realizada ontem à noite, após a eleição de João Doria como o novo governador de São Paulo, o reacionário já fez declarações absurdas e ameaçadoras. Doria afirmou que em seu governo a Polícia Militar, que é uma das polícias que mais mata em todo o globo, terá além as melhores condições para repressão, também defende que os PMs tenham direito, fornecido pelo Estado de maneira gratuita, acesso aos melhores advogados do país para protegê-los em caso de assassinato de "suspeitos".

O reacionário novo governador de São Paulo afirma isso sobre a Polícia que matou somente no ano passado um número maior desde 1996. Eleito com o discurso de "polícia na rua e bandido na cadeira", o reacionário encontrou em Bolsonaro um respaldo massivo para seu programa de repressão e violência.

Com isso, Doria e sua assessoria miram um alvo claro: os negros e a periferia, afinal, "se alguns inocentes acabar morrendo aí nesse meio... tudo bem!". A polícia chegou a níveis de assassinatos não vistos nos últimos 22 anos e, ainda assim, Doria oferece em seu programa o que na prática significa melhores condições para massacres.

Não podemos permitir. Os trabalhadores e a juventude, sobretudo negra, deve se organizar e oferecer uma resposta a altura. Sejamos a oposição que a direita nunca teve e, de maneira independente, organizemos comitês de luta em todos os locais de trabalho e estudo, para fazer erguer uma verdadeira força orgânica desde as bases e impor o recuo e a derrota da direita e dos golpistas.




Tópicos relacionados

PM São Paulo   /    João Doria   /    PSDB

Comentários

Comentar