JOÃO DORIA

Dória decide cobrar taxa anual por jazigos em cemitérios públicos para atrair privatização

terça-feira 13 de junho| Edição do dia

A prefeitura de São Paulo vai passar a cobrar uma taxa anual para quem tem jazigos familiares em algum dos 22 cemitérios públicos da cidade. A cobrança não valerá para quem tem parentes enterrados nas quadras gerais (onde ficam por apenas 3 anos e depois partem para exumação obrigatória), mas será destinada aos que tem sepulturas familiares.

A taxa vem no sentido de seguir avançando no plano de privatizar toda a cidade, já que a ideia de Dória é também entregar os cemitérios públicos para concessões privadas. O valor da taxa pode chegar em até R$ 200 por ano, e seria a partir dele que as empresas privadas fariam a manutenção dos cemitérios.

Atualmente a legislação vigente proibiria tal taxa. Mas a sede de Dória por privatizar tudo vem a frente, e o fazem argumentar que essa taxa seria a única forma de tornar os cemitérios “atrativos para a iniciativa privada”.

Além de buscar privatizar até a morte, no plano da vida Dória já conseguiu aprovação para privatizar via concessões os nossos Mercados Municipais, as ciclofaixas e faixas e de ônibus, o Pacaembu, e parques como o Ibirapuera, o parque da Luz e Trianon, além do Bilhete Único e Terminais de Ônibus.




Tópicos relacionados

João Doria   /    Privatização

Comentários

Comentar