Política

PARQUE IBIRAPUERA

Doria contrata empresa sem licitação para beneficiar seus amigos empresários

Empresa que doou para o programa Cidade Linda foi contratada pela prefeitura de São Paulo sem licitação escancarando o principal interesse das privatizações na cidade de São Paulo: beneficiar os empresários próximos ao prefeito. A empresa Demax Serviços doou 16,7 mil para o programa e vai receber R$880 mil com serviços de conservação e manutenção do parque Ibirapuera.

sexta-feira 6 de outubro| Edição do dia

Foto: Agência O Globo / Edilson Dantas

Gestão de João Doria contratou empresa sem licitação para fazer trabalhos de manutenção e conservação do Parque Ibirapuera. A Empresa Demax Serviços e Comércio Ltda, que é doadora do programa Cidade Linda, vai receber R$880 mil para realizar trabalhos, fornecer materiais e equipamentos.

A Demax Serviços é doadora para o programa Cidade Linda desde o início do projeto. Realizou doações para trabalhos na Avenida Nove de Julho (onde pela primeira vez João Doria se vestiu de gari) e Avenida Paulista. A empresa já doou R$16,7 mil para o programa.

O prefeito alega que busca apoio desinteressado das empresas e que não haverá troca de favores com isso, mas não é o que parece ocorrer. O contrato da empresa Demax para conservação do Ibirapuera foi firmado em 2015 e tem passado por diversas prorrogações nos últimos meses.

De acordo com a prefeitura tal contratação se deu devido a um processo judicial que impediu a empresa vencedora de permanecer à frente dos trabalhos. Dessa forma, a Secretaria do Verde e Meio Ambiente tomou essa decisão administrativa em caráter de urgência.

Não é a primeira vez que a prefeitura fecha contrato sem licitação. Um deles foi para a manutenção da iluminação pública de São Paulo com a empresa FM Rodrigues. A empresa já realizava o serviço desde 2011 e o contrato, que venceu em setembro, não poderia mais ser renovado.

As relações com empresas privadas são privilegiadas na gestão Dória, e o prefeito vem anunciando e propagandeando privatizações constantemente. Logo no início de sua gestão, Doria criou uma pasta especial somente para administrar doações de empresas, a secretaria de Investimento Social. O prefeito diz que já são mais de 100 empresas envolvidas com doações e futuras doações e anunciou o valor de R$626 milhões em doações já realizadas ou ainda não.

O Ibirapuera é um dos parques que Doria pretende passar para iniciativa privada, junto com um enorme pacote de concessões de parques, terminais de ônibus, praças, Bilhete Único, privatização no SUS e outros.




Tópicos relacionados

João Doria   /    Privatização   /    São Paulo   /    Política

Comentários

Comentar