Mundo Operário

EXTREMA-DIREITA

Dono da Havan grava vídeo intimidando funcionários a votarem em Bolsonaro

Em vídeo, Luciano Hang, dono das lojas Havan no Brasil, intimida seus funcionários a votarem contra a “volta do comunismo” e ameaça: “você está preparado a sair da Havan?”.

segunda-feira 1º de outubro| Edição do dia

O vídeo foi publicado na conta de Twitter de Hang, um dos empresários escravistas entusiasmados com a vitória do capitão reformado, Jair Bolsonaro (PSL). Enche a boca para dizer que a derrota de Bolsonaro irá acabar com o emprego, pois ele mesmo estará disposto a demitir funcionários em uma conjuntura onde o desemprego bate os 23 milhões de brasileiros, dentre desempregados e desalentados.

Hang é a cara da burguesia ultraliberal, disposta a apoiar propostas autoritárias e repressivas como a de Bolsonaro que lhes darão passe livre para extrair a última gota de suor de seus empregados, contribuindo com isenções fiscais e medidas que garantam seus gordos lucros em detrimento do emprego, das condições de trabalho e salário dos seus funcionários.

O empresário conhecido por crimes de lavagem de dinheiro e evasão fiscal, ou como diz o Ministério Público, autor de uma “megafraude”.

No entanto, não será apenas Bolsonaro a jogar a crise nas costas dos trabalhadores. Ainda que seja um escravista da maior estirpe, Haddad vem almejando alianças com setores do golpismo tão escravistas quanto o extremista. Procura os mercados para prometer que atenderá seus interesses, aprovará a reforma da Previdência, manterá milhões desempregados e o que for necessário para que os capitalistas se isentem da crise que eles mesmos criaram.




Tópicos relacionados

Extrema-direita   /    Bolsonaro   /    Desemprego   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar