Internacional

MÉXICO

Dois estudantes de Ayotzinapa assassinados pelo comando em Gerrero

Dois estudantes do quarto ano do Normal Rural de Ayotzinapa foram assassinados na tarde dessa terça-feira junto com mais uma pessoa enquanto viajavam de Chilpancingo a Tixtla. São relatados três feridos.

quarta-feira 5 de outubro| Edição do dia

Segundo informou Vidulfo Rosales, advogado do Centro de Direitos Humanos de Montaña de Tlachinollan, na tarde de terça-feira três pessoas foram assassinadas pelo comando armado no caminho de Chilpancingo a Tixtla. Entre os assassinados se encontram dois jovens estudantes do quarto ano da escola Normal Rural Raúl Isidro Burgos, de Ayotzinapa, em Gerrero.

Segundo testemunhas, os agressores, depois de deter o transporte, desceram os passageiros, mataram três pessoas e feriram outras três. Os nomes dos estudantes assassinados são John Morales Hernández e Filemón Tacuba Castro, segundo o advogado Vidulfo Rosales, os jovens voltavam após realizar atividades em Chilpancingo.

A pouco mais de uma semana de ter completado dois anos do desaparecimento forçado dos 43 estudantes de Ayotzinapa, este crime vem a somar-se as agressões que os estudantes vem tendo que enfrentar no só por sua luta em defesa do prejeto das escolas normais rurais, se não como uma consequência da grave situação de violência que desde o que o governo do PAN (Partido de Ação Nacional) a mando de Felipe Calderón, declara uma guerra contra o narcotráfico, que se desata por todo país.




Tópicos relacionados

México   /    Internacional

Comentários

Comentar