Educação

EM MEIO A OCUPAÇÕES

Docentes da UFGRS aprovam greve

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (17), os docentes da UFRGS aprovaram greve por tempo determinado. Assim com as ocupações na universidade, o movimento é contra a PEC 55/241 e a Reforma do Ensino Médio.

quinta-feira 17 de novembro| Edição do dia

A assembleia, realizada na Faculdade de Educação, foi convocada pela sessão regional da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (ANDES), sindicato nacional da categoria. Professores de diversos cursos dos quais os alunos decidiram pela ocupação já tinham manifestado apoio ao movimento e às pautas, e agora fortalecem diretamente a luta nacional iniciada pelos estudantes. Diferente das ocupações, a greve é por tempo determinado, até 13 de dezembro.

Além dos docentes, os técnicos-administrativos da universidade também estão em greve. Dessa forma, a UFRGS, assim como a UFMG, tem os três setores mobilizados contra os ataques do governo golpista.

É necessário que essa mobilização conjunta se reflita em uma luta unificada, que tome as ruas e chegue a outras categorias de trabalhadores. Com a força da luta na universidade se expressando nas ruas, os estudantes, técnicos-administrativos e docentes podem ser o início de uma revolta ainda maior contra a PEC do fim do mudo, contra a Reforma do Ensino Médio e contra todos os ataques que Temer planeja aplicar.




Tópicos relacionados

PEC 241/55   /    Greve   /    #OCUPATUDO   /    Porto Alegre   /    Universidades Federais   /    Universidade   /    Educação

Comentários

Comentar