Política

CORRUPÇÃO

Doação de 1 milhão de empreiteira para campanha de Temer em 2014

quinta-feira 10 de novembro| Edição do dia

A empreiteira Andrade Gutierrez concedeu um cheque no valor de R$ 1 milhão de reais ao então vice-presidente Michel Temer (PMDB) para as eleições de 2014. Tal versão diverge do declarado pelo ex-presidente da empreiteira e delator Otávio Azevedo apresentada em seu depoimento na ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer no TSE. A doação foi feita ao diretório nacional do PMDB.

Na ocasião, Otávio Azevedo afirmou que a empreiteira doou R$ 1 milhão ao diretório nacional do PT e que esse valor teria sido pago como acerto de propina de 1% dos contratos da empreiteira com o governo federal. Que depois teria sido repassado do diretório do PT para a campanha Dilma-Temer em 14 de julho.

O cheque e os registros mostram que o repasse feito em julho, foi na verdade para o diretório do PMDB, em nome de Michel Temer e não para o diretório petista. O delator também afirmou que parte dos recursos que eram doados ao PMDB vinham de um acerto de propinas da empreiteira com o partido referente às obras da usina de Belo Monte, citado pelos delatores da Andrade Gutierrez.

Tal caso de corrupção escancara a crise de regime por que passa o país. Enquanto os grandes políticos e os golpistas aumentam seus salários, e fazem acordos com empresários com doações milionárias, a taxa de desemprego e a inflação crescem.

A lava-jato não é neutra, e os casos de delação que atingem o PMDB tentam passar a impressão de que ela irá atingir todos os partidos da ordem. Na verdade a tentativa da lava-jato é recompor o regime corrupto, nos moldes do capitalismo brasileiro, enquanto aumenta as arbitrariedades contra a população e os movimentos sociais.

O PT cada vez mais envolvido em casos de corrupção, também é culpado. Inclusive por governar por 13 anos enriquecendo o bolso das empreiteiras e abrindo espaço para a direita no poder, enquanto atacava os direitos da população.

Seguimos com nossa campanha para que todo político ganhe como um professor e defendemos a imediata revogação dos mandatos pelos trabalhadores e a juventude. Por uma saída anticapitalista para barrar os ataques do Temer golpista, e de forma independente do petismo.




Tópicos relacionados

Michel Temer   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar