GREVE GERAL DA EDUCAÇÃO

Diversos institutos da Unicamp aderem às paralisações nacionais do dia 02 e 03

A Unicamp amanheceu com diversos cursos paralisados a partir do chamado nacional da Greve Geral da educação nos dias 02 e 03.

quarta-feira 2 de outubro| Edição do dia

Diante dos ataques de Bolsonaro à educação, com a tentativa de impor o Future-se nas universidades federais, e dentro da Unicamp com a aprovação no conselho universitário do fundos patrimoniais que representam um projeto análogo ao Future-se na Unicamp, institutos paralisam suas atividades hoje.

Os fundos patrimoniais aprovado por Knobel na Unicamp permite com que empresas e fundos privados, financiem atividades, pesquisas e laboratórios dentro da Unicamp. Como quem paga a banda escolhe a música, isso é dizer que terá pesquisas que serão financiadas se forem lucrativas para o setor privado, enquanto outras não. Significa dizer que o dinheiro público investido em infraestrutura, bolsas e pesquisas, servirá para criar patentes para o setor privado.

Estudantes de todo o país tentam dar uma resposta a esses ataques paralisando suas atividades na Greve Geral da Educação, com peso para UFMG e UFSC, a despeito da não construção na base das direções do movimento estudantil em nível nacional e estadual, como a UNE e a UEE.

Na Unicamp paralisaram suas atividades contra os ataques de Bolsonaro e da reitoria: o Instituto de Economia, o Instituto de Filofosia e Ciências Humanas (ciências sociais e História), o Instituto de Artes, a Faculdade de Controle e Automação, o Instituto de Biologia e a Faculdade de Educação.

Para que nossa luta possa ir mais longe é necessário uma coordenação nacional, com delegados eleitos na base dos cursos, dando peso para os lugares mais mobilizados. Só assim é possível dar uma resposta contundente aos ataques da educação de Bolsonaro, bem como a reforma da previdência aprovada ontem (01) pelo Senado, em 1º turno, que quer acabar com o futuro da classe trabalhadora e da juventude.




Tópicos relacionados

Unicamp

Comentários

Comentar