Política

MANIFESTAÇÕES CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Diversas categorias paralisam Sergipe contra a Reforma da Previdência

Sergipe amanhece movimentado contra a Reforma da Previdência nesta terça, 5 de novembro. Várias categorias de trabalhadores estão paralisando e se manifestando contra mais esse ataque de Temer, o que dá combate à passividade das centrais sindicais, como CUT e CTB, que entraram em acordo com Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, para cancelar a greve geral que poderia barrar a Reforma.

terça-feira 5 de dezembro| Edição do dia

FOTO: Anderson Barbosa/G1

Professores da rede estadual, bancários, servidores da rede municipal e rodoviários de Aracaju são as categorias que suspenderam as aulas de 75 municípios sergipanos, fecham bancos em todo o estado e bloqueiam as saídas dos ônibus das garagens.

Com expressão bastante importante dos trabalhadores da educação, como professores estaduais e servidores municipais, a Seed, Secretaria Estadual de Educação, estima que 157 mil alunos ficarão sem aula nesta terça, segundo o portal de notícias G1.

Os trabalhadores sergipanos, com representação de manifestantes bastante concentrada na capital, demonstram combate ao ataque à aposentadoria do governo golpista de Temer e sua corja de parlamentares.




Tópicos relacionados

Reforma da Previdência   /    CUT   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar