Política

PRIVATIZANDO TUDO

Diretora do BNDES diz que distribuidoras da Eletrobras serão privatizadas em março

quinta-feira 28 de setembro| Edição do dia

A diretora da área de energia, transporte socioambiental e saneamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Marilene Ramos, informou nesta quinta-feira, 28, que as distribuidoras da Eletrobras que serão privatizadas serão vendidas separadamente em março de 2018. "A princípio serão separadas", informou.

Na terça-feira, o banco entregou ao Ministério de Minas e Energia (MME) os estudos referentes às privatizações das distribuidoras do Acre, Rondônia, Amazonas, Alagoas, Roraima e Piauí. Agora, segundo a diretora, o governo deverá fazer análises, roads shows e publicar os editais, um processo que levará cerca de oito meses, segundo a diretora.

"Está muito no início, a previsão é março do ano que vem. O sucesso agora da venda das hidrelétricas da Cemig mostra que há interesse dos investidos no Brasil", disse a executiva após participar de evento promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

"Elas (empresas do setor) têm nos procurado, têm procurado entender o processo, nós acreditamos que vai haver interesse", disse. Assim, fica claro que o interesse do governo Temer em vender até o último resquício do patrimônio público continua inabalável.

Veja também: Temer entrega campos de petróleo que valem trilhões em recursos estratégicos do país




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Privatização   /    Política

Comentários

Comentar