Política

IMPEACHMENT

Dilma enfim enfatiza golpe, já o discurso de plebiscito mal apareceu

Segue hoje a consolidação do golpe institucional no Senado. O dia teve início com o discurso de Dilma Roussef em sua própria defesa, pedindo que os senadores votassem contra o impeachment, mas sem aparecer em seu depoimento menção à propostas de saída à crise política que vinha defendendo anteriormente.

segunda-feira 29 de agosto| Edição do dia

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

No último período abriu-se uma crise interna no PT, como mostrado aqui, devido a divergências entre Dilma e a ala de Rui Falcão, atual presidente nacional do partido. Primeiro Dilma propôs retirar a palavra “golpe” da carta aos senadores e Haddad, atual prefeito de São Paulo, declarou que achava que falar em “golpe” era algo muito forte.

Outra diferença que gerou desconforto no interior do PT foi que a ex-presidenta propôs aos outros partidos da ordem a convocação de um plebiscito por eleições gerais. Essa proposta foi rejeitada pelo partido em reunião da Executiva Nacional.

Após tais divergências, hoje, enquanto se finaliza o processo do impeachment, Dilma pouco fez menção ao plebiscito, fazendo apenas uma referência à ideia de convocar a população às urnas para decidir o futuro do país em seu discurso inicial. Ao longo do dia, falou timidamente sobre o plebiscito, sem dar centralidade ao que, até semana passada, defendia como central. Essa proposta de chamar novas eleições gerais serve apenas para buscar recompor o regime em meio à crise política que segue instaurada no país, como explicitamos aqui.

Em compensação, a palavra “golpe” voltou com força ao discurso da petista, que em todas oportunidades que teve, defendeu estar sofrendo um golpe. Dilma também fez paralelos com outros golpes de estado ocorridos no Brasil, inclusive com o golpe militar, apenas diferenciando que aquele foi feito com armas e este se faz com retórica jurídica.

Siga acompanhando aqui no Esquerda Diário a cobertura do impeachment e as análises nacionais e internacionais desse histórico momento do país.




Tópicos relacionados

Golpe institucional   /    Impeachment   /    Política

Comentários

Comentar