Política

REPRESSÃO EM BRASÍLIA

Diana Assunção: Temer tenta calar cem mil em Brasília com suas bombas, mas não permitiremos!

Direto de Brasília, Diana Assunção fala sobre a repressão da polícia contra a manifestação de mais de cem mil contra Teme e as reformas: "suas bombas não irão nos calar!"

quarta-feira 24 de maio| Edição do dia

Diana Assunção, trabalhadora da USP e dirigente do Movimento Revolucionário de Trabalhadores (MRT) está em Brasília nesse momento onde mais de cem mil pessoas estão protestando contra Temer e suas reformas. A polícia está reprimindo a manifestação com bombas, spray de pimenta e outras armas. Diana Falou ao Esquerda Diário:

"O imenso aparato policial organizado por Temer e pelo governo do Distrito Federal de Rollemberg, do PSB, já deixavam clara a intenção premeditada de tentar acabar com a nossa imensa manifestação com o uso da violência policial. Estamos aqui com mais de cem mil trabalhadores e jovens de todo o país, que vieram de caravanas de todos os estados para lutar pela derrubada de Temer e de suas reformas. Suas bombas e seu autoritarismo expressam a tentativa de calar a nossa luta e organização por meio da força, mas nós não permitiremos. Nós do MRT estamos aqui junto aos companheiros de diversas categorias de trabalhadores e de universidades para lutar para derrubarmos esse governo e as reformas contra nossos direitos que os patrões querem nos impor. Frente a essa violência, nossa resposta tem que ser à altura: exigimos das centrais sindicais que seja convocada uma greve geral o quanto antes. Assim poderemos barrar definitivamente essas reformas e impor uma Constituinte pra anular todas as leis antipovo que já passaram e varrer não apenas Temer mas esse Congresso de corruptos e golpistas."




Tópicos relacionados

#OcupaBrasília   /    Governo Temer   /    Repressão   /    Política

Comentários

Comentar