SEM TETO

Dezenas de famílias sem moradia ocupam galpão abandonado na Pavuna, no Rio

terça-feira 17 de outubro| Edição do dia

Foto: Mídia Ninja
Desde o dia 9 de outubro, dezenas de famílias sem moradia ocuparam um galpão abandonado na Pavuna. Reproduzimos abaixo a nota da Ocupação Povo Sem Medo - RJ.

"NASCE A OCUPAÇÃO POVO SEM MEDO - RJ

Na manhã de 9 de Outubro, dezenas de famílias, caminhantes da corda bamba entre a miséria e a Cruz do aluguel, tomaram a decisão que talvez seja a mais importante de suas vidas: ocupar um galpão abandonado para destinar-lhe à finalidade de moradia na Pavuna, Zona Norte do Rio de Janeiro. O Direito à Moradia é salvaguardado pela Constituição brasileira, mas muitas vezes negados para o povo trabalhador. Diante da omissão do Estado em garantir esse Direito a essas famílias, em condição de extrema vulnerabilidade, não resta outra opção que não a de conferir vida a esse espaço.

Ao longo do feriado de Nossa Senhora Aparecida, outras famílias foram chegando ao local e ocupando o espaço pacificamente. Na medida em que as dificuldades foram se apresentando, as Brigadas Populares e a Federação das Associações de Favelas do Estado do Rio de Janeiro - FAFERJ - foram acionadas pelas famílias para ajudar a resolver os problemas que a organização coletiva sempre levanta. Logo foram criadas comissões de limpeza, saúde e segurança, garantindo o convívio harmonioso em sua nova morada.

A ocupação se encontra em terreno abandonado há mais de dez anos. Segundo relato de moradores, o local já foi utilizado para prática de crimes, como estupro e desova de cadáveres. O antigo proprietário apresenta uma dívida milionária com a Justiça trabalhista e não exerce qualquer função no terreno. A luta das famílias a partir de agora fará com que o imóvel cumpra sua função social de moradia.

Essas famílias se encontram em uma situação de extrema vulnerabilidade e por conta disso precisam quase que todo mês fazer a escolha entre se alimentar ou fazer o pagamento de seus aluguéis. Para além da solução imediata da falta de moradia dessas 100 famílias, as ocupações urbanas são uma forma de se pressionar pela política de habitação que almejamos e de responsabilizar governantes por suas ações e omissões.

Em conexão com várias lutas por moradia pelo Brasil, as famílias escolheram o nome Povo Sem Medo – RJ, para mostrar que somente lutando se conquista e que a luta de todos os trabalhadores e trabalhadoras do nosso país é uma só!

VIVA A OCUPAÇÂO POVO SEM MEDO!

BRIGADAS POPULARES - 14 DE OUTUBRO DE 2017"

Ajude a Ocupação Povo Sem Medo - RJ

Camaradas, a Ocupação Povo Sem Medo – RJ resiste com mais de uma centena de famílias na Pavuna, Zona Norte do Rio de Janeiro. As famílias ocuparam um terreno abandonado e deram a ele uma função social, a de moradia. A ocupação está sendo acompanhada pelas BRIGADAS POPULARES e FAFERJ. Precisamos da solidariedade e do apoio de todos os companheiros e companheiras.

O que posso doar?

• Água mineral
• Leite
• Alimentos não perecíveis (arroz, feijão, macarrão, óleo, café, açúcar, biscoito, manteiga, leite, alho, pimenta do reino, louro. Copos, pratos e talheres descartáveis
• Higiene e limpeza (sabão em pasta, sabão em pó, papel higiênico, desinfetante, detergente, bombril.)

Além disso:

• Precisamos de apoio institucional: comissões de direitos humanos, conselho tutelar, defesa da criança e do adolescente.
• Apoio de parlamentares, movimentos, partidos e frentes.
• Grupos para recreação infantil e ações culturais e afins

Endereços para entrega de doações:

Associação de Moradores da FICAP. Endereço: Av Cel. Phidias Távora 25, Pavuna. De 09:00 às 17:00, de segunda a sábado.

Faferj. Endereço: Praça da República 24, Centro. 09:00 às 17:00 Segunda a sexta.

Contas para doações em dinheiro:

BRADESCO
Agência: 2912-2
Conta corrente: 0555710-0
David Gomes Lôbo dos Santos

Banco do Brasil
Agência 0287-9
Conta corrente 40754-2
David Gomes Lôbo dos Santos"




Comentários

Comentar