Cultura

POEMA

Destino

segunda-feira 26 de setembro| Edição do dia

Acorda cedo

Vai trabalhar

Toma café

Sai do trabalho

Vai pro ato

Vagabundo!

Não passou no vestibular,

então lhe disseram:

Vai estudar!

Trabalhava e estudava,

pescava o dia todo.

Não aguentou a rotina.

Fraco!

Quem quer consegue,

todos diziam.

Mas por algum motivo não conseguia.

Burro!

Queria viver não apenas de amor e comida

queria ser alguém na vida.

Tinha muitos sonhos,

sonhava o tempo todo.

Tolo!

Um dia aceitou o que estava em seus mãos

Desistiu dos seus maiores sonhos,

e então lhe disseram:

Destino!




Tópicos relacionados

Poesia   /    Cultura   /    Juventude

Comentários

Comentar