Política

BANCADA RURALISTA

Deputados querem perdoar dívidas dos latifundiários escravistas

terça-feira 7 de novembro| Edição do dia

A Medida Provisória 793/17 que institui a divisão da dívida dos produtores rurais com o Fundo de Assistência ao Produtor Rural ( Funrural), está para ser votado hoje. O texto é da deputada Tereza Cristina (PSB-MS), a deputada recebeu 745 emendas de parlamentares e acatou vários deles

Uma das exigências da MP é que pelo mesmos 4% da dívida seja paga em até 4 parcelas mensais, outra mudança importante que deve ser votada nesta medida e a redução das multas pagas pelos devedores. De acordo com está MP 793, o desconto é de 25%. No entanto, a relatora propõe anistia total.

Está MP beneficiará principalmente os barões do agronegócio. As emendas foram utilizadas como "moeda de troca" para conquistar votos de deputados ruralistas e suspender o presidente golpista Michel Temer da investigação por corrupção passiva.

A isenção das dívidas obviamente não será para os pequenos agricultores, mas sim para os empresários rurais e os grandes proprietários. Apesar dos discursos falaciosos dos deputados da bancada ruralista de que as medidas são destinadas principalmente aos pequenos ruralistas que não poderão pagar suas dívidas no início do ano de 2018.

O governo golpista mais uma vez quer isentar os grandes latifundiários de pagarem suas dívidas de impostos enquanto a grande maioria da população trabalhadora no país sofre com a defasagem salarial o aumento da inflação e do desemprego. Como se não bastasse o escandaloso gasto de dinheiro público que o presidente golpista teve para se livrar das investigações de corrupção permanecem colocando nas costas dos trabalhadores o preço pela corrupção e má administração pública.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar