Internacional

ARGENTINA

Deputados de Buenos Aires visitam a fábrica ocupada ex-Donnelley por projeto de expropriação

Deputados da FpV, FR e do Cambiemos na Argentina visitaram hoje a Cooperativa Madygraf como parte das atividades inclusas no andamento do projeto de lei de expropriação e estatização desta gráfica apresentado pela FIT

quinta-feira 30 de junho de 2016| Edição do dia

Conforme estipulado no marco do projeto de lei de expropriação da fábrica ex-Donnelley, hoje Cooperativa Madygraf, os deputados Rocío Giaccone (FpV), Maximiliano Abad (Cambiemos), Ricardo Lissalde (UNA-Frente Renovador) e Patricia Cubría (Peronismo para Vitória-FpV) junto a deputados autores do projeto de lei Christian Castillo (PTS-FIT, mandato cumprido) e Guillermo Kane (PO-FIT), compareceram ao estabelecimento gráfico localizado na Rodovia Panamericana.

Eduardo Ayala, trabalhador da Madygraf, manifestou a respeito que “próximo do fechamento da planta e da fuga do país dos gerentes norte-americanos, nós trabalhadores junto a nossas famílias nos encarregamos da produção. Pudemos preservar o posto de mais de 200 trabalhadores. Enquanto em novembro de 2014 o projeto de expropriação teve aprovação inicial, o mesmo perdeu estado parlamentar e este ano apresentamos um novo projeto. Sem a lei de expropriação, nossa fonte de trabalho fica comprometida devido a que o juiz de falência, Gerardo Santicchia, e a concordata Risso-Plastina, não somente nos retém 10% do que faturamos, como também pretendem avançar para fechar a fábrica. A visita dos deputados se dá nesse marco e é imprescindível que se vote a lei”.

José Ponce, também trabalhador da Madygraf acrescentou: “Nós estamos na mesma situaçõ que centenas de fábricas recuperadas que sofreram enormes aumentos nas contas de gás, luz e outros serviços. Queremos mostrar aos deputados a necessidade de que se vote a Lei de Expropriação, mas também que seja atendida a situação do setor de fábricas recuperadas no marco de tarifaços, ou aumento de impostos. Fomos quem manteve os postos de trabalho de milhares de trabalhadores em todo o país após o fechamento das fábricas e empresas”.

Os recém mencionados coincidiram em pedir ao Governo Nacional, governadora Vidal, da província de Buenos Aires, e ao município de Escobar que realizem em sua cooperativa a produção das publicações gráficas patrocinadas e impulsionadas por essas instituições públicas. Os trabalhadores da ex-Donnelley (Madygraf) exigem do Governo Provincial a expropriação e estatização sob gestão dos trabalhadores da planta para que funcione segundo os interesses públicos e que o juiz Santicchia deixe sem efeito o decreto de retenção de 10% do faturamento da cooperativa Madygraf.

Tradução: Daniel Avec




Tópicos relacionados

Internacional

Comentários

Comentar