CALOTE NA CULTURA CARIOCA

Depois de Paes, agora Crivella dá calote no edital de fomento à cultura do Rio

#PAGAOFOMENTOPREFEITO| Artistas do Rio gravaram vídeo denunciando que o prefeito Marcelo Crivella segue, cinco meses após o início de 2017, sem liberar as verbas do edital de fomento à cultura do ano de 2016, cujo pagamento deveria ter sido feito já pela gestão anterior.

terça-feira 16 de maio| Edição do dia

O edital de fomento à cultura no Rio de Janeiro não é lei, mas vem sendo realizado anualmente como fruto da reivindicação da luta dos trabalhadores da cultura e de mobilização popular.

A edição de 2016 foi realizada com um total de 2.480 projetos culturais inscritos; dentre estes, a verba do fomento deveria contemplar 204 projetos selecionados. Contudo, o pagamento deveria ter sido realizado pela gestão do prefeito Eduardo Paes em dezembro, mas a prefeitura não pagou os artistas contemplados pelo edital. Até o momento, as verbas não foram liberadas pela prefeitura de Marcelo Crivella, do PRB. De acordo com os artistas, o pagamento do fomento garantiria a realização de nove espetáculos diários na cidade até o final do ano.

Artistas cariocas gravaram um vídeo exigindo o pagamento, e colocando sua demanda para que o fomento passe a ser lei, com destinação orçamentária de 2% da verba municipal, para que, enfim, mais projetos possam ser contemplados. Veja o vídeo abaixo:




Tópicos relacionados

cultura   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar