Internacional

ELEIÇÕES ARGENTINAS

Del Caño: “Mais do que nunca, nossa proposta é a única para resolver a crise em favor do povo”

O representante da Frente de Esquerda - Unidade (FIT-U) se referiu aos resultados da esquerda no contexto da forte polarização que se aprofundou em relação às eleições primárias (PASO).

segunda-feira 28 de outubro| Edição do dia

Nicolás del Caño conversou com o La Izquierda Diario, no bunker da Frente da Unidade de Esquerda. Lá, compartilhou sua primeira reflexão a partir dos dados mostrados no escrutínio e que elegeu Alberto Fernández como presidente.

"Acho que está clara a polarização que se deu nesta eleição e que se aprofundou mais do que havíamos visto no PASO. O macrismo recuperou terreno a partir das mobilizações que impulsionaram sua a campanha e, ainda, estimulada pelo voto de rechaço à Frente de todos, tudo o que vimos nesses quatro anos. Creio que foi essa a intenção e o que deu a eles o resultado com base no resultado eleitoral ".

Essa polarização, continuou Del Caño, "afetou o resultado da categoria presidencial da Frente de Esquerda. Não é assim na categoria de deputados nacionais em todo o país, em que obtivemos um resultado semelhante a outras eleições muito importantes como na Capital Federal. Myriam Bregman, na categoria de deputados nacionais, ficou em terceiro lugar e está muito perto de ser eleita. Vamos ver o escrutínio final e como isso acaba. Na cidade de Buenos Aires, também disputaremos a entrada de Nestor Pitrola " .

"Com a força que a esquerda tem demonstrado apesar dessa polarização, com uma campanha muito importante, vamos encarar o que está por vir. Ressaltando as propostas e medidas que defendemos e que pensamos que, mais do que nunca, são as únicas que podem resolver esta crise favorecendo o povo trabalhador, como a nacionalização do sistema bancário, o não pagamento da dívida e o fim das tarifas", explicou.

"Muitas pessoas não votaram na gente devido à essa polarização, pois pensavam na necessidade de votar em um mal menor, mas, nas ruas, viram com grande simpatia as propostas que fizemos na campanha e nos debates", finalizou Del Caño.




Tópicos relacionados

FIT-U   /    Nicolás del Caño    /    Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT)   /    PTS na FIT   /    Internacional

Comentários

Comentar