Declaração da professora Maira Machado sobre visita de João Doria a cidade de Santo André

Na última quarta-feira (09/08), o prefeito de cidade de São Paulo Joao Doria, esteve no Teatro Municipal de Santo André como parte da agenda que vem realizando em todo o país, visando a campanha eleitoral do próximo ano.

Maíra Machado

Professora da rede estadual em Santo André e militante do MRT

quinta-feira 10 de agosto| Edição do dia

Falou por cerca de 15 minutos para empresários, reforçando seu apoio ao governador do Estado, Geraldo Alckmin. Ao lado do prefeito de Santo André, Paulo Serra, Doria enfatizou sua vitória nas eleições ano passado e negou estra fazendo campanha para sua candidatura para a presidência. Declarou que cabe aos empresários o papel da cidadania e defendeu o crescimento de empresas, para melhorar as condições econômicas do país.

É um absurdo Doria vir falar de cidadania, quando com ações higienistas expulsa moradores de rua da Cracolândia, ataca-os com repressão policial e jatos de agua fria, ação em parceria com o governo do Estado e seu aliado Alckmin. Vale lembrar também que o governador Geraldo Alckmin é o maior inimigo da educação, que sempre atacou os professores e o conjunto da classe trabalhadora, o governador conhecido como o “ladrão de merendas” faz pacto com o prefeito que proíbe que crianças repitam a merenda nas escolas municipais.

O pacto Psdbista é claro, de acordo com empresários e ataque aos trabalhadores, Doria expressa apoio a prefeitura de Santo André que na última semana fechou 7 UPAS (Unidades de Pronto Atendimento), prejudicando milhares de usuários que ficaram sem atendimento e medicação.

O prefeito que foi atingindo por ovos em uma visita à capital baiana na ultima segunda-feira (07/08), diz que a insatisfação vem de uma “minoria hostil”, mas a verdade é que o prefeito com sua máscara de gestor e não político, vem privatizando os espaços públicos da cidade, agredindo moradores de rua e proibindo crianças de se alimentarem.

O prefeito Doria em aliança com o governo de Alckmin e do golpista Temer é parte do plano capitalista para que os trabalhadores paguem pela crise. Para manter o lucro dos empresários e dos grandes capitalistas vem atacando a nossa classe diariamente, com reformas, privatizações, aumento de tarifas, sucateamento de escolas e espaços de saúde. Manifesto meu total rechaço a política de Doria e de seus aliados Alckmin e Temer. Que os capitalistas paguem pela crise! Nossas vidas valem mais que o lucro deles!

Pode te interessar: Doria proíbe crianças de repetir merenda nas creches e escolas

Política higienista de João Dória deixa moradores da Cracolândia dormindo no chão

Doria e Alckmin mandam polícia destruir barracos e roubar pertences na "nova cracolândia"




Comentários

Comentar