Educação

ESCOLA SEM PARTIDO

Debate na Fundação Santo André: Os Impactos da Lei Escola Sem Partido

segunda-feira 19 de setembro| Edição do dia

Na próxima terça-feira, 20/09, estarão presentes na Fundação Santo André, os professores Ivan Cotrim e Sandro Assencio; Bruna Sartori, do Comitê Contra a Lei da Mordaça, e a militante do MRT, candidata a vereadora de Santo André pelo PSOL, Professora Maíra Machado, abrindo um importante debate sobre o Projeto de Lei "Escola sem Partido".

Este debate surge em um momento de grande importância no cenário político nacional, em que o golpe institucional foi concretizado e a direita golpista toma em suas mãos o poder de aplicar cada vez mais ataques contra aqueles que dela discordam.

O projeto de Lei "Escola sem Partido" é um dos mais importantes ataques ao pensamento que questiona a ordem burguesa vigente. Pretende criminalizar professores de esquerda e qualquer professor que pretenda levar para a escola o pensamento crítico, bem como formar alunos como sujeitos autônomos e críticos das contradições socais da realidade que vivemos.

Entender a relação do atual governo e seus aliados, os grandes empresários, os bancos e os latifundiários, com o projeto Escola Sem Partido, é uma necessidade imediata para evitar o monopólio do conhecimento e os impactos que isso irá causar no conjunto da sociedade.

O debate acontecerá no próximo dia 20, às 19h30, no Pinicão da Fundação Santo André, onde intelectuais e toda a comunidade acadêmica e a comunidade em geral levantarão suas vozes em defesa de uma Escola livre, pensante e crítica.




Comentários

Comentar