Sociedade

EDUARDO LEITE

De surpresa, Leite apresenta projeto para acabar com licença-prêmio

O governador do RS Eduardo Leite mandará hoje para a Alergs um PL de emenda à constituição, retirando a licença-prêmio do plano de carreira dos professores.

terça-feira 26 de fevereiro| Edição do dia

Esse é um brutal ataque aos direitos dos professores e o início de uma tentativa de desmantelar o plano de carreira dos professores e funcionários de escolas gaúchos. A licença prêmio é o direito do servidor gozar de 3 meses remunerados a cada 5 anos de serviço.

Já não bastasse a situação em que vivem os professores com salários atrasados e congelamento de salários por mais de quatro anos, agora o governador tenta atacar ainda mais os poucos direitos que ainda restam aos professores.

O projeto prevê que a licença- prêmio seja substituída por uma licença-capacitação, isto é, utilizar os 3 meses que deveria ser de descanso por estudo, pago pelo próprio professor, sem ajuda alguma do estado e apresentando obrigatoriamente comprovante da capacitação.

Isso nada mais é que uma forma disfarçada de acabar com a licença-prêmio, já que a grande maioria dos professores devido a situação de calamidade financeira não terão condições de pagar por um curso.




Tópicos relacionados

Eduardo Leite   /    Rio Grande do Sul   /    Porto Alegre   /    Crise gaúcha   /    Sociedade   /    Professores

Comentários

Comentar