Política

MBL

De acordo com Fernando Holiday KKK é um grupo de esquerda

Os elogios de Duke, ex-membro da KKK ao candidato reacionário para presidência pelo PSL é de causar repulsa a qualquer setor considerado democrático, mas ao mesmo tempo também demonstra qual é o verdadeiro caráter da candidatura de extrema direita.

quarta-feira 17 de outubro| Edição do dia

Imagem: O Diário Nacional

Frente a esta situação, Fernando Holiday do MBL, vereador pela cidade de São Paulo e apoiador da candidatura de Jair Bolsonaro deve uma ideia bastante oportunista para responder os elogios da KKK a Jair Bolsonaro: falar que a Ku Klux Khan é um grupo de esquerda. Isso mesmo. Nas suas palavras na conta do Twitter:

Fernando Holiday para defender o candidato que está prometendo profundos ataques contra a classe trabalhadora e demais setores populares da sociedade, é capaz de ofender a inteligência de milhares de pessoas. Dizer que a KKK, um grupo conhecido historicamente de perseguir os negros dos Estados Unidos e que tem como um dos fundamentes a ’’supremacia branca’’, prega a igualdade é de um desrespeito com a memoria de todos aqueles que foram perseguido por esse grupo nos Estados Unidos. Qualquer um que conhece o significado da palavra igualdade e a história deste grupo, sabe que é de um absurdo sem limites esta afirmação do Holiday.

A Klan é um movimento que é uma reação dos estados do Sul, que foram contrários a ideia do fim do escravidão. Além disso, o mesmo movimento que depois começou a também perseguir católicos, judeus e imigrantes que chegavam nos Estados Unidos no final do século 19. Além disso, no começo do século XX, o mesmo movimento ganhou força por conta da Revolução Russa e do crescimento do movimento sindical. Ideias que não tem nada haver com igualdade, muito menos com socialismo.

O que Holiday não consegue esconder é que os elogios do ex-KKK para Jair Bolsonaro mostra o caráter da extrema-direita do Brasil, esta mesma extrema - direita que agride qualquer um que se coloque contra as suas posições políticas e esta mesma extrema - direita que o MBL faz parte e ajudou a construir. O fato que Fernando Holiday e um ex - KKK apoiam o mesmo candidato para as eleições para presidente. Isso, o vereador de São Paulo jamais poderá negar.




Tópicos relacionados

MBL   /    Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar