Internacional

INTERNACIONAL

De Niro: queria jogar um saco de merda em Trump, ele merece ser humilhado

terça-feira 24 de dezembro de 2019| Edição do dia

A boçalidade do atual presidente estadunidense Donald Trump tem o poder de provocar as emoções mais primitivas nas pessoas. O ator Robert de Niro declarou que gostaria de “jogar um saco de merda na cara dele". A declaração foi dada em entrevista recente ao podcast Rumble With Michael Moore.

“Gostaria de jogar um saco de merda na cara dele — acertar bem na cara, e deixar essa imagem circular o mundo. Isso seria a coisa mais humilhante, e ele merece ser humilhado”, afirmou o ator que estrelou em 2019 os filmes “O Irlandês” e “Coringa”.

Não é a primeira vez que o ator se coloca na oposição declarada ao presidente xenófobo, racista e machista, durante a entrega do prêmio Tony Awards, De Niro declarou ao vivo: "Foda-se Trump".

O artista afirmou ainda que não gosta chamar o mandatário de porco porque os animais têm dignidade. “Porcos têm dignidade. Ele não tem dignidade, nada. Ele é uma desgraça para a humanidade”, disparou.

No contexto de aproximação das eleições norte-americanas, o ator também declarou que: “Precisam bater de frente com ele […]. Precisam confrontá-lo e colocá-lo no devido lugar, as pessoas precisam vê-lo dessa forma, sendo humilhado”, disparou.

Trump sofreu um revés recente ao ter o processo de impeachment aprovado na Câmara dos Deputados, que tem maioria de democratas. Entretanto, o reacionário representante deve conseguir reverter o processo no Senado, onde os republicanos detém a maioria. Assim, para a revolta de muitos como De Niro, Trump estará apto a concorrer à reeleição em 2020.

Veja mais: EUA: A maioria da Câmara dos Deputados aprovou o impeachment contra Trump




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar