Política

A IMAGEM DA DIREITA

Dallagnol e Beto Richa, mais que um marqueteiro em comum

Tiago Stachon, vice-presidente de Planejamento da assessoria de comunicação da OpusMúltipla está cuidando da imagem do procurador Deltan Dallagnol. A mesma empresa presta serviços para o governador do Paraná, Beto Richa do PSDB.

segunda-feira 21 de novembro| Edição do dia

O procurador do Ministério Público Federal e coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato está tendo sua imagem cuidada pelo marqueteiro que também atende o governador do Paraná, Beto Richa.

Bem como o governador que massacrou os professores que lutavam em defesa da educação pública e condições básicas de trabalho e salário, e no último período se articulou com grupelhos da direita para atacar as ocupações secundaristas que abalaram o Paraná e inspiraram o país na luta contra a PEC 241(55) e a Reforma do Ensino Médio, além de ter se envolvido em denuncias de corrupção durante sua campanha para reeleição no Paraná, o procurador da Lava Jato deve estar bastante preocupado com os motivos que o fazem precisar de assessoria de imagem desse tipo.

O promotor braço direito de Sérgio Moro que tem muita convicção e poucas provas na sua hipócrita cruzada de combate a corrupção e é a nova cara do judiciário autoritário e mais caro do mundo, ao mesmo tempo participa de um grande esquema de enriquecimento com as delações premiadas com Moro e sua turma. O trabalho da empresa de marketing OpusMídia parece ter em comum a árdua e enriquecedora tarefa (afinal também se ganha e se desvia muito dinheiro no ramo da propaganda e imagem política) de tornar homens como Beto Richa e Deltan Dallagnol, inimigos abertos dos direitos humanos e sociais, autoritários convictos, privatizadores sedentos em figuras palatáveis para a população. Se depender de toda nossa convicção no Esquerda Diário, daremos aos trabalhadores e jovens todas as provas possíveis contra crápulas desse tipo.

Leia mais sobre Deltan Dallagnol, a nova cara do autoritarismo judiciário.




Tópicos relacionados

Deltan Dallagnol   /    Sérgio Moro   /    Operação Lava Jato   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar