TRILOGIA / HISTÓRIA DA CLASSE OPERÁRIA NO BRASIL / DE VARGAS AO GOLPE DE 64 [Parte 1]

Da era Vargas até o golpe de 1964: correntes políticas do proletariado

Gilson Dantas

Brasília

terça-feira 13 de novembro| Edição do dia

A palestra abaixo é a primeira de três a serem lançadas no Esquerda Diário, compondo uma trilogia sobre as correntes políticas da classe trabalhadora desde o golpe de 1930, de Vargas, até o golpe militar de 1964.

Cada uma das partes abordará diferentes ângulos da história política daquelas correntes, sobretudo o PCB, que marcaram todo aquele período histórico, que poderia muito bem ser conhecido como a “era do PCB”, tal sua influência sobre setores importantes da classe trabalhadora brasileira.

Seu legado [do PCB] é, no mínimo controverso e refém de uma estratégia revolucionária equivocada, que prepara derrotas. A importância de fazer seu balanço – de certa forma um dos temas dessa série – tem a ver com os desafios e combates dos nossos dias, quando emerge um governo bonapartista de direita, tutelado pelas forças armadas e que pretende alterar a relação de forças a seu favor, para fazer passar mais ataques à classe trabalhadora e mais submetimento ao imperialismo norte-americano. Portanto, uma conjuntura que irá por à prova nossa capacidade, como esquerda revolucionária, de não reeditar aqueles mesmos erros.

A palestra [aqui dividida em três partes apenas para facilitar] foi realizada no dia 31/10/18 na UnB, como parte do MiniCurso sobre a História da classe trabalhadora brasileira, das origens até hoje. Promovido pelo NEPPOS/Serviço Social, este curso será encerrado na próxima semana com a palestra sobre A classe trabalhadora da ditadura militar à era Lula.

Caso lhe interesse, o vídeo abaixo, de 30 minutos é o primeiro de uma série de três, a serem publicados em sequência. A segunda e terceira partes serão publicadas em poucos dias aqui, pelo Esquerda Diário.




Tópicos relacionados

PCB   /    classe trabalhadora   /    História do Brasil   /    História

Comentários

Comentar