Mundo Operário

TELEMARKETING

DENÚNCIA: Teleperformance do RN mantém funcionário testado positivo para Covid-19 trabalhando

Recebemos mais uma denuncia anônima sobre o desprezo da Teleperformance de Parnamirim - RN pela vida dos trabalhadores. A empresa de telemarketing coloca a vida dos funcionários e seus familiares em risco mantendo trabalhando um atendente que teve exame positivado para Covid-19 e 7 suspeitos.

quinta-feira 25 de junho| Edição do dia

A empresa de telemarketing Teleperformance de Parnamirim - RN obrigou um atendente a trabalhar que teve exame positivo para a covid-19, além de também manter trabalhando 7 casos que são suspeitos, não realizando nem mesmo a desinfecção da sala. A denúncia também relata que o plano de saúde não está garantindo testes de coronavírus para os funcionários da empresa.

Em março, noticiamos, também por denúncia anônima, que a mesma unidade da Teleperformance estava demagogicamente propondo como “prevenção” ao coronavírus medir a temperatura dos funcionários na entrada do trabalho. Assim como já não limpava diariamente os equipamentos compartilhados, e que não garantia álcool em gel para a higienização, ficando a cargo do funcionário trazer de casa.

A denúncia também nos revelou que a empresa está ameaçando descontar o banco de horas do salário, que havia sido imposto aos funcionários devido à falta de computador suficiente para todos trabalharem em meio à pandemia.

A Teleperformance acelera o descarrego da crise nas costas de seus funcionários aprofundando os efeitos da MP da Morte de Bolsonaro, que abre espaço para flexibilizar a exploração em meio à pandemia. Reduz salários e a jornada, suspende contratos, e estabelece também que, caso o patrão interrompa atividades presenciais da empresa, seja feita compensação da jornada de trabalho por meio do banco de horas através de acordo individual. O banco de horas em si já significa flexibilizar o limite da jornada, aumentando a sobrecarga de trabalho e a exploração, fazendo o trabalhador trabalhar cada vez mais além do limite de suas forças, e agora a empresa de telemarketing quer descontar do salário de quem não realizar o banco de horas.

O telemarketing concentra trabalhadoras e trabalhadores em espaços confinados por horas, compartilhando computadores, fones de ouvido. O lucro anual é de milhões, montando nas costas da maioria de jovens negros, LGBTs, que, com toda a crise sanitária e econômica não está podendo realizar o isolamento (ao contrário das chefias).

O estado do RN tem 22.599 casos confirmados e 858 óbitos por coronavírus, segundo dados divulgados em entrevista coletiva da Sesap, que deverão ser publicados no boletim epidemiológico da secretaria nesta quinta, 25. Isso acontece em meio ao estado do RN ter o menor índice de isolamento dos estados do NE. A governadora Fátima Bezerra (PT), além de não garantir a liberação remunerada de todos os serviços essenciais e proibir as demissões, não realiza contratação urgente de trabalhadores da saúde, acarretando o bloqueamento de leitos que poderiam estar sendo utilizados em pleno colapso da saúde, há tempos preferindo beneficiar empresários e pastores. O prefeito da capital do estado, Álvaro Dias (PSDB), também é representante dos interesses dos empresários, já que está cortando 75% do salário de estagiários da educação em Natal.

Total solidariedade aos trabalhadores da empresa de telemarketing Teleperformance de Parnamirim - RN! Liberação remunerada já! Com garantia do pagamento dos salários!

Nós do Esquerda Diário colocamos nosso site a disposição de cada trabalhador que esteja sofrendo com o descaso patronal com as suas vidas e direitos. Levantamos a bandeira da imediata proibição das demissões durante a pandemia, para que nenhum trabalhador e sua família corra o risco de perder seu sustento por conta do desprezo dos empresários, sedentos por lucro a qualquer custo.

É inaceitável que Bolsonaro siga destinando mais de R$1,2 trilhão aos bancos e ainda ameace reduzir os insuficientes R$ 600 do Auxílio Emergencial. É necessária a luta por um verdadeiro salário quarentena no valor médio recebido no país de R$ 2000, tirado dos bolsos das chefias, banqueiros e patrões, taxando as grandes fortunas, lucros e dividendos e abolindo imediatamente o pagamento da ilegal dívida pública. Nossas vidas valem mais que o lucro deles!

Chamamos a todos a defenderem essas ideias conosco e conhecerem a iniciativa do Comitê Virtual Esquerda Diário Nordeste, onde se organizam jovens do telemarketing, das empresas de aplicativo, professores, desempregados. Nessa semana, discutiremos a Paralisação Internacional dos Entregadores de APP no dia 01/07. Será nessa sexta-feira, 26, às 11h via Google Meet.




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Natal   /    Telemarketing   /    Rio Grande do Norte   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar