Mundo Operário

GOVERNO TEMER

"Curiosidade" do Ministério do Trabalho: países com férias mais curtas

A página oficial do Ministério do Trabalho no Facebook apresentou, introduzida pela hashtag #Curiosidade, o número de dias das férias trabalhistas de diversos países cujo tempo de descanso dos trabalhadores é menor do que no Brasil.

segunda-feira 10 de outubro| Edição do dia

No mesmo dia da aprovação da PEC 241 que congela os gastos públicos por vinte anos, e em meio aos intensos debates sobre a reforma trabalhista, quando o governo Temer tenta colocar o STF como protagonista para passar esse histórico ataque contra os trabalhadores, a página do Ministério do Trabalho apresentou a seguinte postagem de forma "descontraída".

Duas horas depois, acrescentaram uma "errata", esclarecendo que o número de dias de férias apresentados dos outros países refere-se a dias úteis, e apenas o do Brasil era em dias corridos, considerando os fins de semana também.

Também é interessante o comentário "desinteressado", em que se afirma que o Brasil garante 30 dias pela CLT, mas que a Organização Internacional do Trabalho estipula em três semanas, o que não é cumprido em diversos países. Ou seja, de forma nem tão discreta, com um "descontraído" GIF, o ministério de Temer está ressaltando mais uma vez o reacionário discurso dos patrões sobre o quão "antiquadas" e "inapropriadas" seriam as leis trabalhistas em nosso país, e que elas precisam de uma "modernização", ou, traduzindo: retirada dos direitos dos trabalhadores.

Na luta para conquistar terreno para suas reformas e ataques contra os trabalhadores, cada pequeno instrumento de propaganda conta; lutemos para garantir nossos direitos, e cortar na carne do lucro dos patrões. Nem um dia de férias a menos!




Tópicos relacionados

Reforma Trabalhista   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar