Política

MARCELO CRIVELLA

Crivella transformou escola em templo da Igreja Universal para doutrinar crianças

terça-feira 7 de novembro| Edição do dia

Marcelo Crivella é contra a doutrinação, desde que não seja a da Igreja Universal. Já são duas as escolas municipais que receberam atividades da Igreja. Na foto, cartaz da "Grande Ação Social" da Igreja que ocorreu na Escola Municipal Joaquim Abilio Borges, no Humaitá.

Camuflada por Ação Social, com medida de pressão arterial e higiene bucal, a Igreja comandada pelo corrupto Bispo Edir Macedo, tio de Crivella, estava lá para fazer "atendimento espiritual". Ou seja, transformar a escola em templo dos bispos corruptos.

Já no Ciep Gustavo Capanema, na Maré, a Igreja fez logo um culto em um domingo, numa mesma "Ação Social" do prefeito Bispo, autorizado por Cesar Benjamin, o mesmo secretário que perseguiu uma professora por colar um cartaz com as reivindicações da categoria.

Cesar Benjamin, da secretaria municipal da educação, que diz já ter sido de esquerda e também edita os livros da Editora Contraponto, da livre acesso à transformação da escola em um lugar de culto de uma única religião, a do prefeito e da IURD, já que o acesso às escolas municipais é tanto negado às religiões de matriz africana, como aos próprios professores que são perseguidos pela sua secretaria.

Crivella, por sua vez, não feliz com transformar a Câmara Municipal em lugar de culto, de barrar as rodas de samba e também censurar as manifestações artísticas que o agradam, agora usa usa prefeitura para doutrinar estudantes nos seus dogmas religiosos.




Tópicos relacionados

Bancada da Bíblia   /    Marcelo Crivella   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar