Sociedade

INTERVENÇÃO FEDERAL NO RJ

Crivella reivindica intervenção, mas cobra que deveria ter ocorrido antes

Ainda na Europa, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, não só reivindicou a intervenção federal sob o estado decretada pelo presidente Temer nesta manhã, como cobrou que tivesse ocorrido antes, conforme o próprio sugeriu no seu Calendário Rio de Janeiro a Janeiro.

sexta-feira 16 de fevereiro| Edição do dia

Por meio de sua assessoria, visto que continua em viagem pela Europa, o prefeito Marcelo Crivella agradeceu e parabenizou Temer pela iniciativa anunciada hoje, conjuntamente com o governador Pezão, de colocar sob intervenção federal toda a pasta de segurança do estado do Rio de Janeiro.

“Agradeço e parabenizo o presidente Temer pela ajuda ao Rio. No lançamento do Calendário Rio de Janeiro a Janeiro foi o que eu pedi. Lamento que isso não tenha ocorrido naquela ocasião", disse o prefeito.

Se no evento do lançamento do calendário, o prefeito deu declaração dizendo que gostaria que para o RJ "seria bom Olimpíada todo mês", sob a intervenção federal, comandada pelo general Braga Netto, o mesmo responsável pela coordenação da segurança durante os Jogos, seu desejo em parte será cumprido.

O mesmo esquema de segurança, que durante os jogos sob o pretexto da prevenção a ataques terroristas promoveu a repressão nos morros e favelas cariocas, irá agora sob o pretexto da restauração da "ordem" promover a militarização das forças de segurança da cidade.

Temer quer dar uma guinada e emplacar uma ’agenda positiva’, elegendo o combate a violência e a segurança pública como prioridades, não à toa irá criar uma pasta própria para a área. Crivella não deixou de aproveitar a oportunidade para também embarcar no sempre funcional discurso de "restauração da ordem" para tirar uma casquinha dos setores mais reacionários que aplaudirão a medida.




Tópicos relacionados

Intervenção Federal   /    Marcelo Crivella   /    Forças Armadas   /    Sociedade   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar