Política

DENÚNCIA

Crivella faz convênio com banco do seu tio, Edir Macedo

Carolina Cacau

Foi candidata a vereadora do MRT pelo PSOL em 2016, é estudante da UERJ, membro do Centro Acadêmico de Serviço Social e professora da rede estadual

sexta-feira 8 de setembro| Edição do dia

Segundo denúncia do Jornal The Intercept, a Secretária Municipal da Fazenda do Rio de Janeiro, publicou no Diário Oficial, no dia 06/09, um extrato de contrato com o Banco A.J. Renner S/A, permitindo a realização de empréstimos consignados com desconto em folha de pagamento dos servidores ativos e inativos da prefeitura.

Crivella mostra mais uma vez que vai cuidar muito bem dos negócios da família. Um dos acionistas do banco com sede no Rio Grande do Sul, é a B.A Empreendimentos e Participações uma holding do Grupo Record, que tem como sócio Edir, tio de Marcelo Crivella e líder da Igreja Universal do Reino de Deus.

Com esta canetada Crivella, garantiu mais um negócio lucrativo para a família, já que a prefeitura tem cerca de 170 mil servidores, ativos e inativos, que terão os empréstimos retirados diretamente descontados na folha de pagamento. Segundo o Jornal O Globo, a OAB vai entrar na Justiça contra o contrato com o banco.

O procurador do Bispo Edir no Brasil, Marcos Antonio Pereira, que também é bispo licenciado da Igreja, ex-presidente do PRB, partido de Marcelo Crivella, é ministro da Indústria, Comércio e Serviços do governo Temer. Ainda segundo a denúncia, Pereira é um dos denunciados nas delações da JPB por repasses de dinheiro de R$ 4,2 milhões, na troca de apoio na concessão de empréstimos da Caixa.

O prefeito Crivella que vem anunciando e executando uma série de cortes e ataques a saúde pública municipal, mostra mais uma vez como funciona a atuação da bancada da bíblia, com projetos que vinculam o estado e negócios das instituições religiosas. Crivella mantem em seu governo seu filho e membros de sua Igreja nos cargos nomeados, como os de secretários com super-salários de até 33 mil e também como subprefeitos. A Igreja Universal do Reino de Deus, já foi alvo de investigações por enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro. A Igreja está presente em mais de 80 países e o bispo Edir Macedo, tem uma fortuna avaliada em R$ 2 bilhões de reais, sendo o evangélico mais rico do país.




Tópicos relacionados

Marcelo Crivella   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar