Mundo Operário

BREQUE DOS APPS

Cristiano e Wedson, pais de meninos falecidos no Ninho do Urubu apoiam Breque dos Apps

Cristiano Esmério, pai de Christian Esmério, e Wedson Matos, pai de Pablo Henrique, garotos que faleceram no incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, mandaram seu apoio ao Breque Internacional dos Entregadores!

quarta-feira 1º de julho| Edição do dia

Cristiano Esmério e Wedson Matos são pais de Christian Esmério e Pablo Henrique, meninos falecidos no Ninho do Urubu em 2019, e declararam seu apoio ao Breque Internacional dos Entregadores de apps. Com apoios importantes de diversas categorias de trabalhadores, o apoio de pais que perdeu seus filhos nesta tragédia também conta para fortalecer a luta.

Os pais dos meninos do Ninho perderam seus filhos em uma tragédia fruto do descaso com as vidas em nome dos lucros. A maioria dos 10 meninos falecidos eram negros, e foram vítimas de um descaso racista do Flamengo, que até hoje não teve justiça.

É importante cercar de solidariedade e apoio a luta dos entregadores, que pode ser um passo importante para toda a classe trabalhadora se levantar contra a destruição de suas condições de vida em meio a pandemia de coronavírus!

Veja aqui o álbum de fotos com a campanha de apoio ao Breque dos apps!




Tópicos relacionados

Breque dos apps   /    Entregadores   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar