Sociedade

Criança de 3 anos leva tiro na cabeça enquanto brincava em Meriti, RJ

Vitor Gabriel Leite Matheus, de apenas 3 anos, foi atingido na cabeça por uma bala enquanto brincava na sala de sua casa com seus irmão nesta segunda-feira (30). O garoto está internado no Hospital da Posse em Nova Iguaçu e se encontra em estado grave.

quarta-feira 1º de novembro| Edição do dia

Foto: Reprodução/ TV Globo

Durante a noite desta última segunda-feira, a criança de 3 anos recebeu um tiro, atingindo a parte de trás de sua cabeça. Vitor estava brincando em sua casa, na Rua Iara, localizada na comunidade Buraco Quente, do bairro São Matheus, no Rio de Janeiro. Segundo o depoimento de seu pai, Anderson, os parentes teriam ouvido um estrondo e quando foram ver o que estava acontecendo, perceberam que Vitor estava machucado.

O menino foi levado às pressas para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, e permanece em estado grave. O 21º Batalhão da Polícia Militar (São João de Meriti) e a imprensa insistem em dizer que não havia confronto algum entre policiais e traficantes no Buraco Quente no momento em que Vitor foi baleado, mas isso não tira a responsabilidade que a suposta guerra ao tráfico de drogas tem nas marcas deixas nas periferias e mortos, dia após dia. A suposta guerra às drogas e na verdade justificativa para a crescente militarização e matança legitimados pelo Estado, que tem interesses de controle social e político contra as massas negras, operárias e pobres no Brasil.

Pode te interessar: O que o capitalismo reserva às crianças e à juventude?




Tópicos relacionados

Sociedade

Comentários

Comentar