Internacional

IMIGRAÇÃO EUA

Criança brasileira desaparece em rio na fronteira dos EUA, vítima da xenofobia de Trump

A política xenofóbica anti-imigração do governo Trump faz mais uma vítima. Uma criança brasileira de dois anos desapareceu esta semana no Rio Grande, na fronteira dos Estados Unidos com o México, quando a mãe – uma cidadã haitiana – tentava entrar no território americano.

quarta-feira 3 de julho| Edição do dia

A mulher, que não teve o nome divulgado, foi presa pelas autoridades americanas em Del Rio, no Texas, na segunda-feira (1) assim que cruzou a fronteira. No momento em que foi detida, ela informou às autoridades que tinha perdido sua bebê durante a travessia.

As buscas se iniciaram na própria segunda-feira, mas ainda sem sucesso. De acordo com as autoridades americanas, um grupo de dez imigrantes de origem haitiana tentava cruzar o rio. A força da correnteza levou a criança soltar a mão da mãe e ser levada pelas águas.

O desaparecimento dessa criança acontece pouco mais de uma semana depois da morte trágica de um pai e de sua filha de onze meses no mesmo rio, quando tentavam cruzar a fronteira do México com os Estados Unidos, buscando melhores condições de vida e de trabalho.

O governo americano tem endurecido as políticas anti-imigração e ameaçou elevar as tarifas sobre os produtos mexicanos se o México não aumentar o controle sobre suas fronteiras. O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, tem se mantido alinhado às políticas de Trump.

A política criminosa anti-imigração de Trump tem elevado o número de mortes e detenções de imigrantes. Crianças separadas dos pais, condições precárias, insalubres e desumanas, é como os imigrantes presos são recebidos na terra do Tio Sam.

O imperialismo norte-americano saqueia diversos países do globo, gerando mais miséria e exploração e ao mesmo tempo fecha suas portas àqueles que, vítimas das políticas imperialistas, buscam os EUA para ter trabalho e dignidade.

Para acabar com essa política racista e xenofóbica de Donald Trump contra os imigrantes é necessária a unidade das trabalhadoras e dos trabalhadores em ambos os lados da fronteira. É urgente a luta por plenos direitos políticos e sociais a todos os imigrantes e pela abertura da imediata da fronteira para o livre trânsito de pessoas para os países da região.

Saiba mais: Uma imagem da barbárie imperialista repudiada em todo o mundo




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Imigração   /    Internacional

Comentários

Comentar