Cresce o número de blogueiros assassinados no país por motivação política

Segundo relatório da ONG Artigo 19, metade dos profissionais de comunicação mortos entre 2015 e 2016 atuavam como blogueiros.

quinta-feira 8 de novembro| Edição do dia

De 2012 a 2016 foram assassinados 22 comunicadores no país, entre eles 8 blogueiros, 6 radialistas, 5 jornalistas, 2 proprietários e um fotógrafo. As principais vítimas são comunicdores que denunciam escândalos políticos, policiais ou com grande impacto social.

Vimos no assassinato da vereadora do PSOL, Marielle Franco, a participação de vários setores da política, inclusive com o suposto envolvimento de políticos do MDB. Segundo o relatório da agência, metade dos casos envolve agentes do Estado como políticos, policiais e a funcionários públicos, que tornam a investigação mais difícil.

O aumento da violência aos comunicadores vem num momento de maior censura às liberdades democráticas, como vimos recentemente em várias universidades do país com a ajuda do judiciário e intervenção direta da polícia. O cantor Roger Waters foi ameaçado de prisão caso fizesse manifestação política em seu show.




Tópicos relacionados

Censura   /    Liberdade de expressão

Comentários

Comentar