Educação

VOLTA ÀS AULAS

Covas anunciará nesta quinta-feira se retorno às aulas se dará em plena pandemia

quarta-feira 16 de setembro| Edição do dia

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), quer a volta às aulas na capital ainda este ano, e não apenas em 2021, mesmo quando os professores, pais e conjunto das comunidades escolares não querem e não confiam nesse retorno inseguro sem uma garantia sanitária.

Covas deve anunciar nesta quinta-feira, 17, se as escolas retornarão já em outubro com atividades extracurriculares, tendo a volta às aulas em novembro, ou não.

Enquanto o índice de infecção e mortes pela COVID-19 segue alto no Brasil, e com o estado de SP entre os principais da lista, Covas insiste nessa volta às aulas. Isso faria cair por terra sua demagogia de meses atrás quando dizia que era preciso esperar. Na verdade o PSDB busca atentar aos interesses do mercado e das escolas privadas que exigem a volta às aulas e inclusive ameaçam com mais demissões os professores e demais trabalhadores da educação.

O prefeito da maior cidade do país não ouve os professores e os pais, que já declararam inúmeras vezes ser contra a volta às aulas durante o estado de pandemia.

PODE INTERESSAR: Covas ataca ATE’s através de portaria que extingue a função em SME, DRE e órgãos centrais




Tópicos relacionados

COVID-19   /    Bruno Covas   /    Escolas   /    João Doria   /    PSDB   /    São Paulo   /    Educação

Comentários

Comentar