Política

GREVE NOS CORREIOS

Correios entra em greve em 20 estados contra a reforma trabalhista e a privatização

quarta-feira 20 de setembro| Edição do dia

A greve dos Correios contra a reforma trabalhista e as privatizações começou nas categorias dos sindicatos de Correios filiados à Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadores dos Correios (Fentect). Desde agosto, a categoria tem tentado negociar com a direção dos Correios, porém, a empresa tem fugido da categoria, não comparecendo as mesas de negociação.

Esta semana, a empresa finalmente concordou em sentar para negociar. Porém, o Correios só propôs ataques aos trabalhadores, seguindo a tendência da reforma trabalhista aprovada pelo governo.

Natália Mantovan, ecetista de Campinas, interviu na assembleia defendendo a greve:

No dia de ontem as categorias aderiram à greve nos seguintes locais: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas, Juiz de Fora, Uberlândia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Maria, Santa Catarina, Sergipe, Campinas, São José, Vale do Paraíba e Santos.

Veja o posicionamento da FENTECT:





Tópicos relacionados

Reforma Trabalhista   /    Privatização   /    Greve dos correios   /    Correios   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar