UNICAMP

Coronavírus e anticapitalismo: venha debater com o Esquerda Diário Unicamp

O Esquerda Diário está organizando desde a Unicamp uma reunião online aberta, na quarta-feira, dia 01/04, às 17h30, para discutirmos a crise do coronavírus, nacional e internacionalmente, e os impactos que ela tem na classe trabalhadora, principalmente nos setores informais e nos mais pobres.

terça-feira 31 de março| Edição do dia

A crise do Coronavírus mostra cada vez mais que não há saídas para a classe trabalhadora dentro do capitalismo. Já são mais de 31 mil mortes no mundo e cerca de 160 só no Brasil. Essa crise sanitária vem em meio à crise econômica na qual o mundo já se encontrava, em meio a uma geração de idosos que sofrem com a reforma da previdência dos governos burgueses, de filhos que se veem ganhando menos que seus pais, de uma geração de trabalhadores terceirizados e “urberizados”. Grande parcela da classe trabalhadora se vê obrigado a decidir entre morrer contaminado pelo vírus, ou morrer de fome.

Bolsonaro carrega um discurso obscurantista e negacionista, tratando a pandemia como uma simples “gripezinha”, enquanto fortalece a burguesia e os capitalistas, fazendo campanha contra o isolamento e ignorando a gravidade da situação. Por outro lado, Maia, Dória e os demais governadores defendem uma política de isolamento se contrapondo a Bolsonaro. Diante dessa disputa para ver "quem manda", os militares cada vez mais buscam assumir um papel frente à crise atuando como árbitros entre Bolsonaro e os governadores, e se preparando para possíveis medidas mais duras com seu caráter autoritário e repressor.

Mas a política de isolamento defendida por esses setores é pura demagogia, uma vez que não carregam nenhum programa efetivo para superá-la, enquanto se certificam de que não haja tratamento básico nem para as trabalhadoras do próprio HC, que até hoje não tiveram acesso ao teste da doença, e muitas vezes não têm acesso nem aos produtos básicos, como denunciou um trabalhador.

Frente a isso, é muito importante construir uma mídia que seja porta-voz de denúncias, uma verdadeira aliada da classe trabalhadora, exigindo testes massivos em cada local de trabalho. Por isso, convidamos a todos que tenham interesse em contribuir com Esquerda Diário, seja em textos, denúncias, fotos, vídeos, discussões, a entrarem em contato com nós e participarem de nossa reunião na quarta (01).

Para mais informações e acesso ao link da reunião, entre em contato com Vitoria Camargo: (19) 99951-2018




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Esquerda Diário   /    Unicamp

Comentários

Comentar