Educação

NOSSA CLASSE EDUCAÇÃO

Convite: Educação sob o olhar marxista em debate

Qual escola queremos? Frente as muitas contradições da educação no capitalismo hoje e os anseios dos professores e dos estudantes chamamos todos a participarem de uma discussão sobre a educação a luz da contribuição do marxismo e da experiência soviética, com participação do Prof. Me. Mauro Sala, às 13h30, na Casa Marx.

terça-feira 17 de abril| Edição do dia

A crise econômica dos últimos anos fez com que os governos tivessem que atender a demanda da burguesia por ajustes, cortes e reformas, todos estes (é claro), voltados contra os trabalhadores que seguem pagando por uma crise que que não criaram. Além da sensível piora no poder de compra dos trabalhadores, esses ajustes também recaem não somente sobre serviços públicos como transporte e saúde, mas também, e principalmente, sobre a educação.

Não foram poucos os ataques nos últimos anos, desde a sucessiva desvalorização dos salários dos professores, até cortes de verbas em artigos básicos, racionamento de merenda, reorganização escolar e a emburrecedora reforma do ensino médio. Todos ataques que visam não apenas cortar gastos, mas também desestruturar uma juventude que cresce cheia de disposição de luta em meio à crise de representatividade além de formar mão de obra barata e pouco crítica para suprir as demandas do mercado de trabalho cada vez mais voraz.

Também não foram poucas as lutas dos professores e trabalhadores nesse mesmo período, greves e mais greves de professores irromperam por todos os lados e entre derrotas e traições das burocracias sindicais, encontramos exemplos vitoriosos onde nos apoiarmos, como no caso da vitória dos professores municipais da cidade de São Paulo contra a reforma da previdência de João Dória (PSDB).

É nesse cenário que os governos e os empresários tentam nos empurrar suas reformas educacionais, reformas que precarizam o trabalho e passam longe de visar qualquer questão pedagógica que privilegie a formação humana dos alunos. Naturalmente todos nós, professores, sentimos no dia a dia da escola que a situação já não é boa e até sabemos identificar onde cada um dos movimentos dos governos prejudica a educação. Claramente essa não é a escola que queremos para trabalhar e para nossos alunos.

E é daí que surge a questão: Mas então, "Qual é a escola que queremos?" E é exatamente esse o tema da discussão proposta pelo Movimento Nossa Classe - Educação e que vai acontecer no próximo dia 21/04 as 13h30, como a primeira atividade do calendário oficial da Casa Marx que vai ser inaugurada em São Paulo, em frente ao metrô Vila Madalena, na próxima sexta-feira 20/04.
Mais informações no evento clique aqui

Baseada nas contribuições de importantes teóricos marxistas e sob a luz das experiências colocadas em prática pelos revolucionários soviéticos, o debate será apresentado por Mauro Sala, doutorando pela Unicamp e professor. A proposta é que seja um espaço de ricas trocas entre os participantes com o objetivo de iniciar a elaboração de um programa revolucionário para a educação que se oponha aos ataques e reformas e seja um norte para lutarmos por uma escola que realmente dê condições para que os professores participem de um verdadeiro processo de educação para os alunos e de transformação para o mundo.

Todos estão convidados!




Tópicos relacionados

Nossa Classe Educação   /    Educação   /    São Paulo   /    Educação   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar