Gênero e sexualidade

NORDESTE

Convite: Ciclo de lançamentos do livro "Rosa Luxemburgo: Pensamento e Ação" no Nordeste!

Nos dias 28 de Março a 4 de Abril, o Esquerda Diário e Grupo de Mulheres Pão e Rosas organizarão lançamentos do livro Rosa Luxemburgo: Pensamento e Ação, junto à Editora Boitempo, Coletivos e Grupos de Pesquisa em Natal (RN), Recife (PE), João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB)

quinta-feira 14 de março| Edição do dia

Em Natal (RN), o lançamento ocorrerá como atividade espelho da XVII Semana de Antropologia da UFRN “Demandas dos Movimentos Sociais à Antropologia” organizado pelo Esquerda Diário, Pão e Rosas e Coletivo Guapo no IFRN Cidade Alta no dia 29/03, as 18h00. Em Recife (PE), a atividade ocorrerá no dia 01/04, organizada pelo Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Ética (GEPE) e Pão e Rosas, com a participação da Profª Maria Alexandra da Silva, no Auditório do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFPE. Em João Pessoa (PB), será no dia 03/04, na UFPB, no CCHLA. Em Campina Grande (PB), a atividade ocorrerá no dia 04/04, com a presença de Gonzalo Rojas, professor de Ciência Política da UFCG e militante do MRT, no Sala 15 Hall das Placas.

Maíra Machado, dirigente do MRT em Santo André-SP e co-autora de artigos da obra Feminismo e Marxismo, vem a três estados do Nordeste para fazer lançamento da obra Rosa Luxemburgo: Pensamento e Ação de Paul Fröhlich, lançamento inédito das Edições Iskra e Editora Boitempo.

Fröhlich foi companheiro de militância de Rosa Luxemburgo e após seu assassinato e de Karl Liebknecht, em 1919, ficou responsável por organizar a publicação de suas obras completas. Na biografia, relata a vida de rosa desde sua infância e decisão de se organizar como emigrada junto aos socialistas poloneses aos 15 anos, assim como todo seu desenvolvimento para o que viria ser a maior dirigente socialista mulher do século XX, que enfrentou a repressão da monarquia e dos social-democratas, foi uma irredutível defensora da revolução socialista. Assim, combateu as traições realizadas pelos grandes nomes do marxismo em sua época, como Bernstein e Kautsky, levando adiante a necessidade da teorização e da construção de partido baseadas na independência de classe e no internacionalismo, como demonstrou enquanto árdua defensora da Revolução Russa desde 1905 e combate junto à Liebknecht ao apoio à 1ª Guerra Mundial, chacina imperialista.

Fröhlich também analisa algumas de suas principais obras, como A acumulação do Capital (1913), a Brochura de Junius (A crise da social-democracia) de 1916, onde se faz conhecer uma das formulações pelas quais mais é conhecida e que comprova dia após dia até hoje: "socialismo ou barbárie", a crítica (construtiva) aos bolcheviques em A Revolução Russa (1918), e os últimos escritos durante o levante spartakista de 1919.

As Edições Iskra e a Boitempo lançaram esta biografia inédita de Rosa Luxemburgo, revolucionária polonesa-alemã no centenário de seu assassinato e poucos dias após o começo do mandato de extrema-direita de Jair Bolsonaro (PSL) como presidente, que já declarou guerra contra a classe trabalhadora e todos os setores oprimidos. Para nós, é fundamental conhecer as ideias de Rosa Luxemburgo para “afinar as armas da crítica” para o complexo momento que vivemos no 11º da crise capitalista internacional e buscar uma saída profunda contra a barbárie.

Convidamos todas, todes e todos para as atividades de lançamento do livro!




Tópicos relacionados

Pão e Rosas   /    Rio Grande do Norte   /    Rosa Luxemburgo   /    João Pessoa   /    Professora Maíra Machado #umavozAnticapitalistaemSantoAndre   /    Recife   /    Marxismo   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar