Educação

RIO GRANDE DO SUL

Contra os ajustes do Sartori, professores fecham Assembleia Legislativa

terça-feira 21 de novembro| Edição do dia

Conforme anunciado anteriormente, hoje o governo Sartori encaminhará à Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul o plano de adesão ao regime de recuperação fiscal. Ele tem até amanhã para convocar uma sessão extraordinária do plenária entre o natal e o ano novo a fim de aprovar os ataques entre as festas.

O Regime de Recuperação Fiscal é um brutal ataque ao patrimônio público, aos trabalhadores e ao povo gaúcho como um todo. Prevê privatizações de empresas públicas, do ramo da mineração, energia e financeiro, extinção das fundações públicas, congelamento de reajuste salarial, entre outros ataques - tudo isso para honrar o acordo de postergar o pagamento da dívida pública com Temer.

Com medo das greves em curso, o governo está sendo obrigado a empurrar ao máximo a aprovação desse pacote. Agora os professores estão cercando a ALRS, desde às 6h da manhã dessa terça-feira, a fim de barrar a aprovação do pacote, que será enviado à ALRS às 9h.

Fazemos um chamado a mais professores, trabalhadores de outras categorias, estudantes e demais apoiadores a participarem dessa luta, se somando aos professores na Praça da Matriz nesta terça-feira. Vejam algumas fotos das concentrações de professores em distintos pontos na ALRS :




Tópicos relacionados

cpers   /    Sartori   /    Greve Professores RS   /    Porto Alegre   /    Educação

Comentários

Comentar