Sociedade

NÃO VAMOS PAGAR PELA CRISE

Conta de luz vai subir mês que vem, mas salários seguem baixos e desemprego aumenta

Como mais uma forma de nos fazer pagar pela crise, a conta de luz terá aumento na tarifa das contas de luz no mês de agosto.

sexta-feira 28 de julho| Edição do dia

Nesta sexta, 28, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu aplicar a bandeira vermelha nas contas de luz no mês de agosto. Em outras palavras, a cor da bandeira significa que a tarifa de energia terá cobrança adicional de R$ 3,00 a cada 100 kWh consumidos. Para a Aneel, o aumento é decorrente da necessidade de aumento dos gastos de geração de energia previstos para agosto.

Segundo o órgão regulador, que atualiza mensalmente o sistema de bandeiras – que também é subdividido em patamares de consumo – essa variação é decorrente da avaliação do preço da energia, do volume de chuvas e da situação dos reservatórios das hidrelétricas em todo o País para tomar uma decisão.

No mês de julho, vigorou a bandeira amarela, que adiciona R$ 2,00 a cada 100 kWh de consumidos. Em junho, foi acionada a bandeira verde, que não traz custo adicional ao consumidor.

É sabido por todos que os meses de inverno – junho, julho e agosto – são de estiagem; que existem tecnologias que evitariam a escassez de água para produção elétrica, mas não é isso que o governo pensa. Pelo contrario aumentam a tarifa também no mês onde as familiar mais gastam, para o banho, aquecedor etc.

Além da exploração ambiental de forma predatória, que dá base ao sistema capitalista, se relaciona com a diminuição dos índices pluviométricos e o principal fator: que o governo golpista de Michel Temer quer garantir o lucro dos empresários as custas dos trabalhadores que, ao contrário destes exploradores só tem aumento na sua manutenção de vida e nos salários nada!




Tópicos relacionados

Sociedade

Comentários

Comentar