Cultura

CASA MARX SP

Conheça a Casa Marx SP, casa de cultura e política que também conta com livraria

A Casa Marx SP, sede do Esquerda Diário, é uma casa de cultura e política no Sumarezinho, lançada em abril deste ano e conta com uma livraria com títulos das editoras Boitempo, Iskra, Centelha e IPS Karl Marx. Aberto ao público com atividades impulsionadas pelo Esquerda Diário de debates, organização e confraternização dos trabalhadores e da juventude. Um local para se apropriar do legado marxista revolucionário.

segunda-feira 2 de julho| Edição do dia

Foto: mural feito pelo artista Conrado Almada.

Aberto de segunda à sexta, das 12h às 18h, o espaço recém aberto é um espaço vivo e ativo da organização política e da formação teórica de trabalhadores, estudantes, mulheres, negros, indígenas e LGBTs que queiram pensar e debater as formas para a superação desse sistema capitalista que tanta miséria e exploração nos traz.

Como parte disso, a teoria revolucionária, ou seja, o marxismo, tem um papel decisivo. Como disse Lênin, um dos maiores revolucionários da história, “não há prática revolucionária sem teoria revolucionária”. E essa teoria não se improvisa, mas é fruto do amadurecimento político e teórico pautado na luta de mais de 150 anos da classe trabalhadora contra a exploração capitalista. Para nos apropriarmos dela, necessitamos conhecer seu percurso e seu desenvolvimento. Nas palavras de Friederich Engels, um dos fundadores do marxismo: “o socialismo, desde que se tornou uma ciência, exige ser tratado como uma ciência, ou seja, ser estudado”.

A Casa Marx promete ser o mais novo reduto para essa ciência revolucionária em São Paulo. Queremos contribuir para esta perspectiva conformando um verdadeiro pólo irradiador de ideologia marxista.

Uma editora que não poderia faltar para representar as publicações do marxismo no Brasil é a Boitempo Editorial. Fundada em 1995 por Ivana Jinkings, a Boitempo possui o catálogo mais completo de publicações de Marx e Engels no Brasil, com traduções feitas do original e cuidadosamente revisadas por especialistas no estudo das obras marxistas.

Além dos imprescindíveis clássicos, que vão dos fundamentais “Manifesto Comunista” de 1848 e “O Capital”, também traz títulos menos conhecidos de Marx, como “Sobre o suicídio”, e obras fundantes como “A situação da classe trabalhadora inglesa”, de Engels.

Como noticiamos, a editora vem também investindo em trazer para crianças livros sobre o marxismo, o que tem deixado a direita de cabelos em pé. E, agora, tudo isso está disponível na Casa Marx!

Outra parte desse arsenal teórico será composto pelas publicações da editora Iskra, que inclui títulos que vão desde clássicos de Leon Trotski, que dirigiu a revolução russa e o Exército Vermelho, tais como “A Revolução Espanhola” e seus “Escrito Latinoamericanos”, passando pelo importante trabalho da historiadora norte-americana Wendy Goldman, “Mulher, Estado e Revolução” (em parceria com a Boitempo), e trazendo elaborações atuais sobre o marxismo e questões fundamentais como a luta das mulheres e dos negros, em títulos como “A Revolução e o negro”, “Questão negra, marxismo e classe operária no Brasil”, “Pão e Rosas”, “Lutadoras”, “Feminismo e Marxismo”, entre outros.

A editora Iskra tem seu mais novo lançamento: a 2ª edição brasileira do livro "Lutadoras – Histórias de mulheres que fizeram história". Organizado por Andrea D’Atri e Diana Assunção, a primeira edição brasileira foi publicado em 2009. “É uma enorme satisfação quase 10 anos depois trazer ao público esta nova edição, revisada e ampliada, de um livro que tem como objetivo contar as histórias daquelas mulheres rebeldes, combativas e revolucionárias que a história oficial muitas vezes quer apagar”, declarou Diana Assunção, diretora geral da publicação. O livro conta com artigos sobre Flora Tristán, Louise Michel, Rosa Luxemburgo, Clara Zetkin, Carmela Jería, Lucrecia Toriz, Marvel Scholl, Clara Dunne, Genora Johnson Dollinger, Natalia Sedova, Chen Bilan, Mika Etchebéhère, Nadezhda Joffe e novos artigos incluídos.

Outra editora que estará presente na livraria da Casa Marx é a Centelha Cultural, com títulos que também trazem textos clássicos do marxismo, como escritos sobre a Comuna de Paris de Lênin e Trotski, temas como a família, o amor, o casamento e a sexualidade tratados por autores como Alexandra Kolontai, Wilhelm Reich e Rosa Luxemburgo, e também tratando de temas contemporâneos sob a ótica do marxismo, como os títulos “Natureza atormentada” e “A medicina dos sintomas”, do professor Gilson Dantas, da UnB.

Também serão parte do catálogo da Livraria da Casa Marx as publicações da editora argentina do IPS Kark Marx, com publicações inéditas para o público brasileiro, em espanhol. A editora tem como seu ponto forte uma vasta publicação da obra de Leon Trotski, cuidadosamente revisadas e editadas pelo Centro de Estudos, Investigações e Publicações Leon Trotski.
O IPS e o CEIP são impulsionados pelo PTS da Argentina, organização irmã do MRT (Movimento Revolucionário de Trabalhadores) no Brasil.

Outras editoras que tragam autores e títulos marxistas também estão sendo buscadas, para que o acervo da livraria seja o mais abrangente o possível.

Recebemos pagamento em dinheiro e cartão.

Convidamos a conhecer nossa página no Facebook e conferir as programações que acontecerão na Casa Marx: https://www.facebook.com/CasaMarxSP

Conheçam também a Casa Marx em outros locais!
Rio de Janeiro: https://www.facebook.com/CasaMarxLapaRJ
ABC Paulista: https://www.facebook.com/CasaMarxABC

Veja aqui eventos já realizados pela Casa Marx SP desde o seu lançamento em abril deste ano:
- Lançamento do Livro "Lutadoras - histórias de mulheres que fizeram história"
- Almoço + Discussão: Situação política e a Educação no Brasil
- Roda de Conversa: Quem lucra com a guerra às drogas?
- Palestina e Revolução: análise marxista dos 70 anos de ocupação
- A repressão estatal hoje: um olhar a partir dos estudos de Lenin
- A escola que queremos: educação e a contribuição do Marxismo
- Lançamento Casa Marx SP e Livraria: Palestra+Música ao Vivo




Tópicos relacionados

Karl Marx   /    Casa Marx   /    Esquerda Diário   /    Marxismo   /    São Paulo (capital)   /    Cultura

Comentários

Comentar