Política

PEC DO FIM DO MUNDO

Congresso promulga PEC do teto nesta quinta-feira

quinta-feira 15 de dezembro de 2016| Edição do dia

O presidente do Congresso Renan Calheiros, promulgou na manhã desta quinta-feira, 15, a PEC que congela gastos públicos por 20 anos. Com a promulgação, ou seja, seu reconhecimento, a nova regra entra automaticamente em vigor. Também estava presente na sessão, ao lado de Renan, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Antes da sessão, Renan afirmou que a emenda do teto é "uma grande vitória para o País". "A partir de agora temos uma regra para o crescimento do gasto público. Nós não tínhamos isso, e sim uma queda continuada da receita sem nenhuma regra para a evolução do gasto público. Isso é muito bom para o Brasil", disse.

Em prol do pagamento da dívida pública a grandes empresas e bancos, comemoram uma medida que vai atrasar em duas décadas a vida da classe trabalhadora. Mesmo enfrentando clara oposição da população contra a PEC, com atos em muitas cidades do país no dia da votação (13), que muitos foram reprimidos. E com o exemplo de São Paulo, em que a sede da golpista FIESP foi atacada, mostrando que há resistência aos ataques.

Renan ressaltou que apenas o teto não vai "tirar o País da crise" e que ajustes ainda precisam ser feitos. Como a brutal reforma da previdência que recentemente foi encaminhada pelo governo ou a reforma trabalhista que já está na agenda dos golpistas desde o início do seu governo.

Algumas informações retiradas da Agência Estado




Tópicos relacionados

PEC 241/55   /    Política

Comentários

Comentar