Mundo Operário

CAIXA

Congresso dos funcionários da Caixa aprovou moções contra o corte de ponto na USP e pelo pagamento dos salários na Mecano Fabril

Solidariedade operária. Trabalhadores da Caixa aprovam em seu congresso moções de repúdio ao corte de ponto aos trabalhadores da USP e ao não pagamento dos salários na metalúrgica Mecano Fabril.

terça-feira 28 de junho de 2016| Edição do dia

No último dia 19, data do fechamento do 32º Congresso Nacional dos Funcionários da Caixa, foram aprovadas uma série de moções apresentadas por delegados de todo o país. Dentre elas estão:

- Moção de Repúdio ao corte de ponto dos trabalhadores em greve da USP e à repressão da PM no CRUSP. Funcionários e estudantes estão em greve, lutando em defesa da educação e saúde públicas, contra o desmonte da universidade pública, contra o arrocho salarial por cotas e políticas de permanência estudantil, contra a desvinculação do Hospital Universitário. E agora contra o corte de ponto. Alckmin e Zago são inimigos da educação! Todo o apoio aos trabalhadores e estudantes da USP em greve!

- Moção em apoio aos trabalhadores da Mecano Fabril em greve, pelo pagamento dos salários atrasados! A Mecano Fabril é uma autopeças de Osasco que lucrou milhões nos últimos anos. Com o aprofundamento da crise econômica mundial a empresa assumiu um discurso de "quase falência". E o patrão, proprietário de fazendas no Paraná, alega não ter dinheiro para pagas os salários dos trabalhadores. Atrasar salário é crime!

Trabalhou, tem que receber. Todo apoio aos trabalhadores da Mecano Fabril. Pelo pagamento imediato dos salários atrasados.

Todas as moções e resoluções aprovadas no Congresso serão publicadas pelas entidades sindicais organizadoras, ainda sem data prevista.




Tópicos relacionados

Greve das estaduais paulistas   /    Greve na Mecano Fabril   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar