MARIELLE FRANCO

Concha Acústica da UERJ recebe placa de Marielle Franco

Em evento realizado, a concha agora possui uma placa com o nome da vereadora do PSOL morta a 5 meses.

quarta-feira 15 de agosto| Edição do dia

Na tarde de ontem, 14/8, a vereadora do PSOL Marielle Franco, assassinada brutalmente em março deste ano, recebeu mais uma homenagem. A concha acústica da UERJ, que agora se chama Marielle Franco, recebeu agora a placa oficial com seu nome.

Além da colocação da placa, houve também eventos culturais e uma mesa de debate.

Esse evento ocorre 5 meses depois do assassinato da vereadora, até agora sem respostas. Recentemente, foi levantada a suspeita que deputados do MDB poderiam estar envolvidos no assassinato. Justamente por isso não podemos nutrir nenhuma confiança nesse Estado e é necessária a formação uma Comissão de Investigação Independente com parlamentares do PSOL, representantes de organismos de direitos humanos, de sindicatos, intelectuais especialistas da crise social no Rio e outros setores com legitimidade popular para investigar, exigindo do Estado acesso a todas as provas, testemunhos além de todo o apoio necessário para a investigação.

Veja a fala de Carolina Cacau, militante do MRT e estudante da UERJ:




Tópicos relacionados

Marielle Franco   /    UERJ

Comentários

Comentar