Educação

PORTO ALEGRE

Comunidade escolar ocupa Escola em Porto Alegre contra o fechamento autoritário de Leite

Após atitude autoritária, digna dos tempos da ditadura militar, de arrombar uma escola pública para recolher os arquivos e equipamentos a comunidade escolar e movimentos sociais ocupou a escola contra o seu fechamento.

sexta-feira 4 de setembro| Edição do dia

O governo havia solicitado a chave da escola para a direção porque havia determinado arbitrariamente o fechamento da Escola Estadual Estado do Rio Grande do Sul no Centro de Porto Alegre. A direção da escola não entregou a chave porque a comunidade é contra, realizou abaixo assinado e a gestão é democrática. Mas Leite e Faisal Karam simplesmente autorizaram o arrombamento da escola para a retirada de equipamentos e arquivos, que seriam levados para outra escola.

Ainda ontem (3), um morador gravou um vídeo denunciando o arrombamento e a comunidade junto com os trabalhadores da educação se mobilizaram. Hoje (4) pela manhã a escola foi ocupada por membros da comunidade escolar e movimentos sociais que estão apoiando.


Os núcleos 38 e 39 do CPERS realizaram ato em frente a SEDUC que marchou até a escola Estado do Rio Grande do Sul. A ocupação se mantém exigindo o retorno dos objetos retirados pelo governo e a manutenção do direito a essa existir onde está.

O Esquerda Diário se solidariza com a situação dessa comunidade e se coloca à disposição, lutar pela Escola Estado do Rio Grande do Sul neste momento significa lutar pela escola pública como um todo!
Escola Estado do Rio Grande do Sul fica!!!




Tópicos relacionados

Eduardo Leite   /    Ocupação Escola   /    Porto Alegre   /    Educação

Comentários

Comentar